Anzol Rosa será em novembro e terá mais de 600 mulheres

Durante o Pesca e Companhia Trade Show 2024, em São Paulo (SP), foi revelada a segunda edição do Anzol Rosa, um evento de pesca exclusivamente feminino. Sob a liderança de Joice Marques, a proposta é reunir mais de 600 mulheres no Rio Paraguai, em Corumbá (MS), em novembro, com o objetivo de superar o recorde do Guinness Book com o maior número de mulheres praticando pesca esportiva juntas.

Para acomodar todas as participantes, o Anzol Rosa contará com 20 barcos hotéis ao longo de cinco dias de evento. O lançamento ocorreu no estande da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, com a presença de Marcelo Claro e Cris Claro, fundadores da feira de pesca e esportes outdoor em sua 16ª edição. Todos os visitantes do Pro Magno receberam bonés rosas das mãos das pescadoras sul-grossenses.

- Publicidade -

Joice Marques compartilhou sua visão: “É o poder feminino na pesca esportiva! Na primeira edição, tivemos 502 mulheres embarcadas em 15 barcos-hotéis. Agora, em 2024, esperamos superar esse número, com 620 mulheres em 20 barcos-hotéis, mostrando a excelência do Pantanal em receber as pescadoras e suas famílias.”

Além de quebrar recordes, o Anzol Rosa busca promover Corumbá como um centro de pesca esportiva do país. O aumento da participação feminina neste segmento nos últimos anos é notável, com uma média de 30% de mulheres, em comparação com 95% de homens há quase 20 anos.

User

Compartilhe este artigo
Katarine Monteiro é jornalista especializada em esportes olímpicos e em saúde. Com cobertura de grandes eventos internacionais, como Jogos Pan-Americanos em Lima 2019, Qatar Total Open 2020, Qatar ExxonMobil Open 2019 - tênis em Doha (QT), Semana de Vela de Ilhabela, Transat Jacques Vabre 2019 (França-Brasil), L'Étape Brasil by Tour de France, também já fez coberturas de natação, maratona aquática, vôlei, polo aquático, Fórmula E, vela, skate e boxe, além de eventos esportivos como assessora de imprensa, relações públicas e social media.