Bolsas para desenvolvimento dos e-sports no Pará

Os gamers paraenses têm de ficar alertas à oportunidades de participar da terceira edição do Santander Gamer Pro. São 8 mil bolsas de estudo gratuitas para todo o país para contribuir com o desenvolvimento dos e-sports no país. A ação é feita em parceria com a CNB Esports, um dos clubes de esportes eletrônicos mais tradicionais da América Latina, que oferece cursos para os principais jogos da atualidade, como League of Legends (LoL), Valorant e Fortnite, além de um módulo voltado para quem deseja se tornar streamer profissional.

Para essa edição, as vagas por trilha de conteúdo serão distribuídas conforme a demanda de inscrições e serão aplicadas de forma online dentro da plataforma da CNB Esports. Uma metodologia de avaliação em etapas irá selecionar os seis candidatos que tiverem o maior índice de aproveitamento do programa para receber uma extensão do curso por mais 45 dias e um apoio financeiro de R$ 2,4 mil para viver uma experiência única atuando nos times de base da CNB Esports. Eles também contarão com encontros remotos com treinadores profissionais durante 12 semanas.

“O Santander Gamer Pro irá proporcionar aos gamers as ferramentas para atingir um nível profissional de atuação, com toda a estrutura necessária para desenvolver as habilidades em alguns dos principais jogos eletrônicos da atualidade e para os streamers que desejam se aprimorar na transmissão de conteúdo em plataformas monetizadas”, afirma Marcio Giannico, Senior Head de Governos, Instituições, Universidades e Universia no Brasil. Ainda de acordo com o executivo, possibilitar uma imersão única na rotina de um jogador profissional, dentro das equipes da CNB, é uma oportunidade que abre várias portas no mundo dos e-sports. “São experiências como essa que fazem a diferença para as empresas que trabalham dentro desse universo e que estão sempre em busca de profissionais qualificados”, conclui.

Desde seu lançamento, em 2022, o programa Santander Gamer Pro atraiu mais de 60 mil inscritos e mais de 13 mil alunos participaram dos cursos. Em 2023, houve um aumento das inscrições do público feminino em 10% com relação à última edição, reflexo do interesse delas em serem protagonistas nesse cenário. É o que mostra a pesquisa Gamer Brasil deste ano, que mostrou que as mulheres são maioria entre o público gamer, com 50,9% da parcela dos consumidores de jogos no país.

 

Compartilhe este artigo
Segue:
Jornalista há mais de 20 anos, com experiência em redação, em diversas editorias, assessoria de imprensa, produção de conteúdo, produção e apresentação de podcast e comentarista em canal independente no YouTube