Cantor Bebeto e Grupo Arruda são as atrações deste sábado(22), no Arraiá do Casarão do Firmino

Evento tem chopp grátis de 18h às 19h30 e nos intervalos a DJ Nicolle Neumann

Neste sábado, dia 22 de junho, a partir das 18h, tem mais uma semana do Arraiá do Casarão do Firmino. A festa que está bombando na cidade e toda semana com casa lotada, recebe “Rei dos bailes”, “Rei do suingue”, “Rei do Samba-Rock”, o cantor Bebeto que vai cantar seus grandes sucessos como: ‘Você é a paz que me acalma’, ‘A beleza é você, menina’, ‘Minha preta’, ‘Hei, neguinha’, ‘Neguinho o poeta’, ‘Menina Carolina’ e ‘Praia e Sol’, entre outros. O show de Bebeto promete muitas emoções aos fãs que o acompanham nesses mais de 40 anos de carreira. Já o Grupo Arruda que vem lotando todas as casas de shows com seu samba autêntico de raiz que faz o público cantar aos plenos pulmões e bater na palma com uma energia surreal que transborda em alegrias e felicidades. o evento tem chopp grátis de 18h às 19h30 e nos intervalos a DJ Nicolle Neumann. A entrada é colaborativa. Paga o quanto puder e paga se quiser. Cheguem cedo. Local sujeito a lotação perante a grande procura.

Cantor Bebeto:

Rótulos não lhe faltam. Ele já foi chamado de “Rei dos bailes”, “Rei do suingue”, “Rei do Samba-Rock”, e mais recentemente de “Professor”. Com 40 anos de carreira e 38 álbuns gravados o cantor, compositor e violonista Bebeto é um dos mais festejados cantores populares do país e considerado um dos grandes nomes do movimento Samba-Rock. Uma vertente musical com regras e levadas próprias e cuja maior e mais marcante característica é dar um ritmo de rock ao samba tradicional. Samba-Rock, Suingue, balanço? Bem nomenclaturas e rótulos à parte o certo é que Bebeto sempre se mostrou fiel à sua sonoridade, ao seu estilo inconfundível de tocar violão e de cantar. Como ficar parado ao som de sucessos como “Menina Carolina”, “A beleza é você menina” e a irresistível “Praia e Sol”? Fique parado se for capaz. Com a atual revalorização do Samba Rock pela mídia Bebeto acabou tornando-se um nome cult, um ícone indiscutível. Professor PHD que influenciou e continua influenciando muita gente boa. Seu fã clube, imenso, além de agregar uma legião de anônimos também reúne famosos como a cantora Zélia Duncan que já fora Backing vocal da legendária “Banda B”, grupo que acompanhava Bebeto pelos bailes da vida. “Bebeto sempre foi popular, artista de grandes plateias que é dono de uma assinatura musical única, uma maneira única de suingar, que é onde está seu maior trunfo” atesta Zélia. Reverenciado ainda por pesos pesados da nossa música como Alexandre Pires, Fernanda Abreu, Cidade Negra, O Rappa, Marcelo D2 e inúmeros Djs que levam o som do mestre para pistas no mundo inteiro aos poucos Bebeto volta a ocupar na mídia o espaço que há muito é seu por direito. Não é a tôa que seu cd Bebeto ao Vivo lançado pela Mza/Universal Music foi um sucesso estratosférico. Seja em Londres ou Paris, em São Paulo ou nos subúrbios do Rio onde ainda reina absoluto, Bebeto segue lotando casas de espetáculos, clubes, lonas culturais e onde mais sua música o leve. Seu destino é estar junto ao povo, botando todo mundo para dançar, suingando, misturando ritmos e linguagens musicais. Para Bebeto o mais importante sempre foi o reconhecimento do povo, pois, como disse certa vez um componente do grupo AfroReggae; “Bebeto faz parte da trilha sonora de nossas vidas”. Alguém duvida? Rodrigo Fernandes (sob o texto de Daniela Mazzola)

Sobre o Grupo Arruda:

Com mais de 15 anos de carreira, o grupo Arruda passeia por clássicos do samba e músicas autorais. Representante do autêntico gênero, suas referências são Fundo de Quintal, Cartola, João Nogueira, Clara Nunes e Roberto Ribeiro, mas também admira o samba de roda da Bahia, explorando bem a baianidade de Caetano, Gerônimo e Roque Ferreira. O grupo adora o lado místico e religioso dos afrosambas, e tenta incutir em sua identidade uma mistura do que há de melhor em nossa música popular.

Casarão do Firmino – Palácio do Samba

Sobre a Casa, um “Palácio do Samba”, como é popularmente conhecido, localizado no berço da boemia carioca, no bairro da Lapa, entre o Centro e a zona sul do Rio de Janeiro, o Casarão do Firmino é conhecido pelas tradicionais rodas de samba que reúnem grandes nomes do cenário musical, pessoas de todos os cantos do Rio de Janeiro, além de turistas brasileiros e estrangeiros.

O idealizador do Casarão é o empresário Carlos Firmino, de 42 anos, que dá nome ao espaço cultural, que ocupa uma área coberta e ampla, de fácil acesso, situada na efervescência cultural do Rio. O Casarão também é símbolo de resistência. Os eventos buscam resgatar a essência do samba, com entradas gratuitas ou colaborativas, em que cada frequentador contribui se quiser e com quanto puder. O principal objetivo é manter vivo o ritmo que mexe com pessoas do mundo inteiro.

“Amarra a marimba e espalha a fofoca!” O bordão já é uma marca. A expressão criada por Carlos Firmino para divulgar as atrações do Casarão, hoje, é repetida por artistas e frequentadores assíduos do espaço mais concorrido da boêmia Lapa. E não apenas a frase ganhou fama. A fila que se estende pela rua da Relação e toma a calçada da esquina, na Lavradio, reforça que o Palácio do Samba é ponto de encontro de cariocas e turistas.

Aliás, o local parece estar mesmo na moda. É cada vez mais comum encontrar no estacionamento decorado – são samambaias, lâmpadas, placas e pinturas que celebram orixás e homenageiam Nelson Mandela – atores, atrizes, jornalistas, influenciadores digitais e grandes nomes do mundo do samba. Recentemente, Moacyr Luz, Xande de Pilares, Pique Novo, Sombrinha, Feyjão, Jorge Aragão passaram pela casa.

Vinny Santa Fé, Délcio Luiz, Gabriel da Muda, Nego Álvaro, Toninho Geraes e Serginho Meriti também estão sempre presentes e são sinônimo de sucesso de público. O grupo Arruda é outra atração que atrai fãs de todos os cantos da cidade, assim como o Pagode da Beta, potência dessa geração que não deixa o samba morrer.

SERVIÇO
Arraiá do Casarão do Firmino recebe cantor Bebeto e Grupo Arruda
DATA: 22 de Junho, SÁBADO
LOCAL: Rua da Relação, 19, na Lapa
HORÁRIO: A partir das 18h.
ENTRADA COLABORATIVA

Classificação: 18 anos
Mais informações: 21 99926-5295

Compartilhe este artigo