Centro Cultural Olido recebe shows de rap, breaking, grafite, mc’s e slam em junho

Com acesso 100% gratuito, evento acontece nos dias 28 e 29 de junho

Hip Hop Sim, Drogas, Não! Esse é o nome e a causa defendida pelo festival cultural realizado no Centro Cultural Olido, na região central da cidade de São Paulo, nos dias 28 e 29 de junho. O evento é aberto ao público em geral, com acesso 100% gratuito, foi idealizado pelo renomado coletivo De Mano para Manos e Minas Produções e Eventos, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, e vai muito além de um simples evento. É um encontro vibrante de arte, conhecimento e engajamento social que busca celebrar a cultura hip hop em suas diversas expressões e, ao mesmo tempo, promover a conscientização sobre temas cruciais como prevenção às drogas, DSTs/Aids e igualdade racial.

O projeto, que neste mês esteve em três casas de cultura, em três regiões da cidade, encerra sua primeira fase no centro da cidade, com uma programação extensa, que  inclui música, com shows de rap, batalhas de MCs e apresentações de DJs; arte de rua, com grafitagem artística acontecendo na hora; poesia, por meio do slam; dança, com performances de breaking; exposições; palestras de conscientização contra os malefícios do uso de drogas; além de um desfile de moda streetwear, com modelos da agência Models Black, uma das apoiadoras culturais do projeto.

“É um grande orgulho fazer parte deste projeto, que nasceu da experiência de vida das pessoas envolvidas e pelo qual queremos fazer um alerta muito importante sobre o perigo das drogas, ao mesmo tempo incentivando a galera a fazer música, dança, poesia e arte, mostrando que isso não combina com dependência em drogas”, comenta André de Souza, idealizador e coordenador do festival.

Ex-dependente químico, Souza teve como inspiração sua própria trajetória de vida. Após travar uma árdua luta contra o vício, ele comemora estar livre da dependência das drogas há 20 anos. “Me tornei produtor cultural e também um terapeuta sistêmico em dependência química, passando a ajudar pessoas que ainda sofrem com esse problema”, relata.

Sobre o festival ele ainda acrescenta que será uma forma importante para levar, principalmente o público adolescente, conscientização sobre o perigo do uso de drogas. “Por meio de apresentações e oficinas, vamos dar um papo reto sobre os benefícios que nossa cultura traz ao nosso corpo e mente, e que usar drogas não nos levará a lugar algum. Nossa caminhada dançando, cantando e grafitando pode nos levar a um mundo de sucesso, sabedoria e conquistas”, afirma.

PROGRAMAÇÃO ‍

28/06

CENTRO CULTURAL OLIDO

(Endereço: Av. São João, 473 – Centro Histórico de São Paulo)

  • 14:00 – Exposição –  A Narrativa Visual de Will D Arts no Mundo do Rap”
  • 14:00 – Graffiti – Intervenção Urbana – Vivência Minha cores évida
  • 14:00 – Graffiti – Intervenção Urbana Vivência Sentimento Puro
  • 15:00 – Graffiti – Em Tela
  • 16:00 – Slam Resistência
  • 17:00 – Vivência –  Construção de Caminhos – Patrick Higher
  • 18:00 – Batalha das Gang
  • 19:00 – Breaking – Fernanda Mello
  • 20:00 – Batalhas – MCs WM & DJ ALÊ

29/06

CENTRO CULTURAL OLIDO

(Endereço: Av. São João, 473 – Centro Histórico de São Paulo)

  • 14:00 Vivencia de Grafite – André Mogle
  • 14:00 – DJ Dri Família Bola
  • 14:40 –  DJ Duda Família Bola
  • 15:20 – DJ ISAC
  • 16:00 – DJ Kuka
  • 16:40 – DJ Mano
  • 17:20 – DJ Rodrigo Juquery
  • 18:00 – DJ DZ no multiverso da Black Music
  • 18:40 – Dorobo pt. 2
  • 19:20 – Batalhas – MCs – Apresentação I LOVE HIPHOP

SERVIÇO

Festival Hip Hop SIM. Drogas, Não!

Local: Galeria Olido – Av. São João, 473 – Centro

Horário: A partir das 14h

Entrada: Gratuita

Site: https://hiphopsim.com.br/

Contato: 11 95477 3878 (whatsapp)

Compartilhe este artigo