Comércio da moda praia espera crescimento de 70% impulsionado pela temporada nos Rios Araguaia e Tocantins

  • Marcas do segmento com unidade no Mega Moda Park, localizado na Região da 44, apresentam crescimento significativo nas vendas de moda praia
  • Lojistas e consumidores se preparam para uma temporada marcada por tendências vibrantes e sustentáveis

As praias temporárias ao longo dos rios Araguaia e Tocantins se transformam em destinos turísticos cruciais de junho a agosto, atraindo visitantes com suas extensas faixas de areia para atividades como camping e lazer. Fora dessa temporada, na estação das cheias, destacam-se os passeios de barco e a observação da fauna e flora revitalizadas.

Esses locais, além de servirem como pontos de encontro e recreação, atuam como catalisadores da economia local. Conforme dados de 2023 do Ministério do Turismo, o crescimento dos negócios locais ampliam as oportunidades de emprego e melhoram a infraestrutura nas regiões Centro-Oeste e Norte. Projeções do governo de Goiás indicam que cerca de 1 milhão de turistas devem visitar as cidades turísticas da região em julho, enquanto o Tocantins espera mais de 1,5 milhão de pessoas nas praias do estado. Isso impacta também outros polos e segmentos, como a Região da 44, segundo maior polo de moda atacadista do Brasil, que prepara-se para uma intensa atividade comercial impulsionada pelas vendas relacionadas ao destino.

Paula Sepulveda, gerente de marketing do Grupo Mega Moda, formado pelos shoppings de moda atacadistas Mega Moda Shopping, Mega Moda Park e Mini Moda, localizado na Região da 44, em Goiânia, relata uma expectativa de movimentação alta nas unidades com impacto direto nas vendas. “A procura por biquínis, sungas, maiôs e saídas de praia, deverá superar os 70% até o final do mês, com um fluxo constante de compradores de estados como Goiás, Tocantins, Pará e Mato Grosso”, afirma. Para maximizar estes resultados, o Mega Moda e seus lojistas têm investido em estratégias de marketing digital e parcerias com influenciadores para atrair ainda mais compradores, tanto nas lojas físicas quanto para vendas online.

Jezica Moreira Costa, proprietária da loja Cor do Sol, localizada, com unidade no Mega Moda Park, reporta uma demanda robusta, principalmente no segmento de atacado. “Este ano, a procura por nossos produtos está bastante acentuada. Diante dessa tendência, estamos ampliando nossos preparativos para assegurar que possamos atender adequadamente ao aumento esperado nas vendas. Estamos otimistas de que os números possam dobrar em comparação com o ano anterior”, detalha. Ainda, de acordo com a empresária da Cor do Sol, a marca está lançando coleções exclusivas que incluem biquínis com detalhes metálicos e texturas variadas, focando em cores vibrantes como o neon, o vermelho e o marrom.

Já Camila Rodrigues, proprietária da loja Flor Brasil Moda Fitness e Praia, tem investido na produção para atender a crescente demanda. “Notamos um aumento significativo na procura por nossos produtos, o que nos levou a aumentar a produção significativamente. Além disso, já estamos em processo de contratação de mais pessoal para garantir que possamos atender todos os nossos clientes com eficiência durante esta movimentada temporada de praias”, ressalta.

A empresária destaca ainda as novas tendências disponíveis na loja e que prometem dominar as praias nesta temporada. “Os conjuntos com estampas coordenadas, conhecidos como trios, e os detalhes em formato orgânico serão os grandes destaques. Estamos também muito focados em questões de sustentabilidade nas nossas coleções”, ressalta Camila.

Compartilhe este artigo