Educação financeira na infância: presente que terá benefícios por toda a vida

Especialista em educação financeira, Resende Neto aproveita fala sobre os benefícios de ensinar os pequenos a administrarem seu dinheiro

O especialista destaca que a partir dos 10 anos, as crianças podem começar a desenvolver um senso de administração financeira. Uma ferramenta útil nesse processo é a mesada / Créditos: banco de imagem

A educação financeira para crianças e adolescentes é um tema de extrema importância, pois molda a maneira como eles lidam com o dinheiro ao longo de suas vidas. Para explorar algumas questões fundamentais relacionadas a esse assunto, a melhor fonte é o especialista Resende Neto.

Desde cedo, as crianças podem entender e falar sobre dinheiro, segundo Resende. “Elas têm a capacidade de aprender e absorver informações de forma intencional ou ocasional, e esse aprendizado terá um impacto significativo em suas vidas. Portanto, é crucial que a educação financeira seja abordada de maneira deliberada”, destacou.

A inserção da educação financeira na vida de uma criança pode começar desde a primeira idade. Mesmo que os desejos das crianças nessa fase não estejam diretamente ligados à questão financeira, a disciplina nas rotinas do lar é fundamental, de acordo com o especialista.

Resende reforça que as crianças tendem a imitar o comportamento dos pais, o que torna importante que os adultos estabeleçam exemplos sólidos de administração financeira.”As crianças têm uma incrível capacidade de aprender sobre dinheiro desde tenra idade. O aprendizado intencional é fundamental para impactar positivamente a vida financeira dessas crianças.”

Quanto à autonomia das crianças em relação ao dinheiro, Resende neto destaca que a partir dos 10 anos, elas podem começar a desenvolver um senso de administração financeira. Uma ferramenta útil nesse processo é a mesada. “Os pais e filhos podem definir juntos o valor da mesada, permitindo que a criança tenha clareza sobre o dinheiro que recebe. Isso também ensina a criança a planejar seus gastos, economizar e, idealmente, a praticar a doação (dizimar) e a investir, sob orientação dos pais”, disse.

Os benefícios de ensinar educação financeira desde cedo são numerosos. As crianças precisarão administrar seus recursos financeiros ao longo da vida, e o conhecimento adquirido e a prática nessa fase inicial podem impactar positivamente suas habilidades financeiras futuras. Estudos apontam que isso as prepara para tomar decisões financeiras mais conscientes e responsáveis.

À medida que as crianças crescem, é apropriado que assumam responsabilidades em casa, como arrumar brinquedos e seguir uma rotina adequada, isso ensina responsabilidade, preparando-as para compreender melhor as relações financeiras e de trabalho.

Treinar uma criança para o sucesso financeiro, de acordo com Resende Neto, envolve influenciar positivamente sua relação com o dinheiro. Os pais desempenham um papel fundamental nisso, demonstrando que o dinheiro é uma consequência de servir às pessoas e fazer a diferença em suas vidas. “É importante evitar frases negativas sobre dinheiro e cultivar uma atitude de respeito e gratidão em relação a ele”, disse.

Resende também orienta acerca dos adolescentes, especialmente os que já têm renda própria. “É vital ensiná-los a administrar seu dinheiro com responsabilidade. Recomenda-se que gastem no máximo 50% do que ganham, destinem 10% para a doação (dízimo) e invistam pelo menos 10% para sua liberdade financeira. Além disso, reservar 10% para realizar sonhos e investir em autodesenvolvimento (cursos, livros) é uma estratégia sólida”, destacou.

Viver experiências e assumir responsabilidades, incluindo contribuir para as contas da casa, também são aspectos importantes a serem considerados na jornada financeira dos adolescentes.

Em resumo, para o especialista, a educação financeira desde cedo é fundamental para preparar crianças e adolescentes para uma vida financeira saudável. Os pais desempenham um papel crucial ao ensinar princípios sólidos e proporcionar oportunidades para que seus filhos desenvolvam habilidades financeiras que os beneficiarão ao longo de suas vidas

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário