Empoderamento Feminino no Cooperativismo: O Caminho para a Igualdade de Gênero – Desafios e Conquistas das Mulheres em Cooperativas Brasileiras: Promovendo a Diversidade e a Inclusão nas Lideranças

Cooperativismo: mulheres e liderança

por Melissa Kotovski

- Publicidade -

Quando se trata de mulheres no cooperativismo podemos entender que os números são promissores, mas ainda pequenos. Existe um caminho longo a percorrer para maior representatividade entre os colaboradores e líderes em cooperativas.

Os princípios do cooperativismo expressam valores de integração, igualdade e liberdade e para mais movimentos de real cooperação e democráticos nas cooperativas, é importante que homens e mulheres tenham representatividade similar pois vão trazer olhares diversos para o crescimento dos negócios.

As mulheres representam 41% de participação dos mais de 20 milhões de cooperados no Brasil, de acordo com o Anuário do Cooperativismo Brasileiro de 2023, produzido pelo Sistema Organização das Cooperativas do Brasil (OCB). Algumas regiões do país registraram um aumento significativo na participação feminina, inclusive nos cargos de liderança em suas cooperativas.

De acordo com o levantamento da Organização das Cooperativas Brasileiras, houve crescimento do número de mulheres em 2022 em relação ao ano anterior, mas somente em um dos sete ramos do cooperativismo as mulheres são a maioria, que é o de Trabalho, Produção de Bens e Serviços com 52%. Nos demais ramos os números estão com a seguinte representação: Saúde (45%), Consumo (44%), Crédito (44%), Infraestrutura (29%), Agropecuária (16%) e Transporte (9%).

Se tratando de cargos de liderança também houve aumento da participação feminina que passou de 17% em 2020 para 22% em 2022, sendo os ramos de Trabalho, Produção de Bens e Serviços, Consumo, Saúde, Crédito e Infraestrutura os que mais contribuíram para esse aumento.

- Publicidade -

Alguns dos desafios enfrentados pelas mulheres nas cooperativas são: preconceitos sociais, crenças limitadoras, crenças sobre capacidade profissional, marketing pessoal, posicionamento para repasse das melhores decisões, empoderamento frente ao corpo de gestores majoritariamente masculinos, vieses inconscientes e preconceituosos presentes no cotidiano e nos negócios.

Apesar dos números de mulheres nas lideranças das cooperativas estarem crescendo é necessário favorecer maior participação feminina na gestão pois isso cria oportunidades para negócios promissores. Quando se tem mulheres em cargos de liderança existe um olhar bastante democrático e que considera os mais vulneráveis.

Os benefícios de se ter mulheres frente aos negócios já estão ficando cada vez mais claros. Segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), no relatório “Mulheres nos negócios e na gerência: por que mudar é importante para os negócios”, demonstra que empresas que investem em políticas de igualdade de gênero e diversidade apresentam melhores resultados, incluindo a rentabilidade.

Não há limites para o crescimento da carreira de uma mulher, é necessário construir o caminho. A capacidade de liderar é muito alinhada com características do feminino, envolve empatia, comunicação, flexibilidade, sensibilidade, integração, visão inovadora, relacionamentos saudáveis e efetividade em resultados.

A profissionalização das mulheres esta alta e o número de mulheres com ensino superior é maior no mercado de trabalho e mesmo assim os cargos de lideranças ainda são ocupados majoritariamente por homens. Para mudar esta realidade, é importante criar estratégias organizacionais que favoreçam a integração de mulheres em cargos estratégicos e que as mulheres se empoderem e se posicionem para enfrentar os desafios e aproveitar ou criar as oportunidades para o seu crescimento.

- Publicidade -

 

Estrategista de Carreira e Negócios | Palestrante | Coach Executiva | Mentora de Carreira e de Líderes | Trainer | Treinamento e Desenvolvimento | Liderança e Performance | Desenvolvimento de pessoa

Links: https://linktr.ee/melissa_kotovski

 

Assessoria de Imprensa: Alessandra Bruno – alessandra.bruno@pineapplemkt.com – (11) 97498-7070

Compartilhe este artigo
Segue:
Tenho disponibilidade de mudança e de horário. A maturidade me trouxe serenidade para trabalhar em jornais diários e fazer matérias semanais e elaboradas. Me abasteci da linguagem coloquial ao passar ao longo da minha carreira. Estou pronta para o mercado.