Escola pública em Lauro de Freitas recebe Oficinas gratuitas de Arte, Cultura e Incentivo à Leitura promovidas pelo Instituto Brasil Solidário

Com uma programação envolvendo alunos, educadores e toda a comunidade escolar, a proposta leva ações com intervenção de pintura, arte, espaços literários, com uso de materiais recicláveis, que podem ser replicadas para além dos muros da escola”

O Instituto Brasil Solidário – IBS, por meio do projeto Plano Bienal Brasil Solidário, chega em Lauro de Freitas (BA) levando três dias intensos de oficinas práticas, envolvendo desde formações e oficinas práticas em Teatro de Bonecos, Fotografia e Desenho e Pintura, até uma capacitação em Mediação de Leitura e catalogação de acervo, incluindo a construção de espaços literários, com materiais para montagem da biblioteca junto àentrega de um kit para os projetos de leitura, com fantoches, aventais, sacolas e tapetes literários.

Com vagas abertas para os educadores da rede pública de ensino do município, as formações ofertadas de forma gratuita, serão realizadas de 07 a 09 de novembro, na Escola Municipal Jovina Moreira Rosa, contando com o apoio da Secretaria Municipal de Educação na mobilização e no fomento das atividades. As ações incluem ainda a doação de 500 livros para serem utilizados nos projetos de incentivo à leitura na rede pública de ensino e 3 câmeras fotográficas, que ficarão para os alunos desenvolverem as atividades.

Para a Antônia Geny, técnica da Secretaria de Educação de Lauro de Freitas, a oportunidade de fazer as formações no formato EaD e logo após vivenciar as práticas presencialmente, permite um engajamento que gera impacto direto nas boas práticas replicadas em sala de aula, com educadores repercutindo o aprendizado e até motivando outros colegas a participarem das atividades.

“Eu vejo esse projeto do IBS como um divisor de águas para o trabalho nas escolas. Neste ano, tivemos um número expressivo de professores participando dos cursos EAD do IBS, e nossa meta é, o ano que vem, termos todos os professores da rede passando pelas formações. Só nesse primeiro dia da ação presencial recebi vários relatos dos educadores encantados com as atividades e compartilhando que gostariam que os colegas da rede estivessem aqui. Então quando vejo esse engajamento, fico muito feliz, me dá uma energia diferente, sabendo que eles estão saindo dessa capacitação querendo replicar o aprendizado, com certeza, isso vai gerar impacto direto nas propostas em sala de aula e no aprendizado de nossos alunos”, destacou.

Segundo Luis Salvatore, Diretor Presidente do Instituto Brasil Solidário, esse momento das oficinas práticas abrem um leque de oportunidades para potencializar as habilidades dos estudantes junto às práticas pedagógicas, além de apresentar alternativas sustentáveis que podem ser multiplicadas em toda a rede e comunidade. “As oficinas são realizadas com materiais de fácil acesso na escola e comunidade. Estamos apresentando a construção de espaços literários, confecção de marionetes, de fantoches, sendo produzidos com material reciclado, que pode ser replicado dentro e fora da sala de aula. A ideia é promover um intercâmbio entre a comunidade e o público escolar, contribuindo para o engajamento dos estudantes e até inspirando práticas que podem gerar renda para as famílias desses alunos”, pontua Luis Salvatore.

O encerramento das atividades contará com apresentações de teatro de bonecos, fotografia e demais atividades culturais promovidas pelos próprios participantes, em evento aberto à comunidade escolar, no último dia da programação. As formações pretendem mobilizar mais de 200 pessoas, entre educadores, coordenadores pedagógicos, diretores, alunos e técnicos da Secretaria de Educação do município.

SUSTENTABILIDADE, ARTE E CULTURA COMO TEMA TRANSVERSAL

Utilizando materiais reciclados, reaproveitados e de fácil acesso na comunidade, as oficinas apresentarão ideias simples, replicáveis e que já são implementadas nas 5 regiões do Brasil, através da metodologia do Programa de Desenvolvimento da Educação – PDE, tecnologia social do Instituto Brasil Solidário.

No eixo de Incentivo à Leitura, a escola ganhará espaços literários lúdicos e criativos, com mobiliários sendo construídos a partir da reciclagem. Os cantinhos de leitura terão pufes, prateleiras e nichos de paletes, além de almofadas, tapetes e aventais literários sendo produzidos nas oficinas de leitura, com retalhos e restos de tecido.

No Teatro de Bonecos, todos os personagens serão construídos com garrafas PET, pedacinhos de PVC e retalhos coletados pelos alunos da escola, práticas que poderão ser mobilizadas de forma interdisciplinar nas atividades pedagógicas em sala de aula.

SERVIÇO

  • Oficinas Práticas de Arte e Cultura em Lauro de Freitas (BA)

Data: De 07 a 09 de novembro

Horário: 08h às 17h

Local: E.M Jovina Moreira Rosa

(Rua Roque José da Silva 48 Loteamento Miragem – Buraquinho, Lauro de Freitas – BA, 42709-420)

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário