Espetáculo de circo franco brasileiro com temporada no Teatro RioMar Recife

O picadeiro será montado dentro do teatro e promete encantar a todas as idades. São duas apresentações, nos dias 27 e 28 de abril, no Teatro RioMar Recife

Para reviver a magia do Festival de Circo do Brasil, encontram-se no palco do Teatro Riomar Recife o circo, a dança e a brasilidade no espetáculo franco brasileiro “23 Fragmentos desses últimos dias”, nascido do encontro do Coletivo Instrumento de Ver (BR) com a diretora francesa Maroussia Diaz Verbèke. A obra apresenta um belíssimo circo contemporâneo universal e brasileiro capaz de encantar a todas as idades. As apresentações serão nos dias 27 de abril, às 20h, e 28 de abril, às 19h. Os ingressos podem ser adquiridos no site ou bilheteria do Teatro RioMar Recife, localizado no Piso L4 do RioMar Recife.

- Publicidade -

O espetáculo “23 Fragmentos Desses Últimos Dias” é virtuoso e cria um ambiente arrojado, apresentando seis artistas circenses e bailarinos que reúnem na coreografia técnica e sofisticação. O enredo fala sobre encontrar o heroísmo ao comemorar o crescente número de problemas, precursores de tantas soluções. Ser otimista com teimosia, porque a mágica é a esperança.

Como ponto de partida, o espetáculo baseia-se em uma lista de hipóteses para um mundo em pedaços. Trazendo o imaginário para o mundo real, pegar os destroços do presente para a próxima cena, fazer acrobacias em garrafas, criar aéreos com cordas e objetos descartados são algumas das cenas no palco. Em “23 Fragmentos dos últimos dias” a magia está no detalhe.

O espetáculo foi criado para o teatro, levando em conta todo os recursos cênicos para apresentar um circo engajado e emocionante e já circulou por toda Europa, nos principais teatros e festivais. Também passou por Recife, na ocasião no Festival e Circo do Brasil, com grande aprovação do público.

Esse projeto é realizado através da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal, Ministério da Cultura e Governo Federal União e reconstrução.

Sobre o Coletivo

- Publicidade -

A montagem de “23 fragmentos desses últimos dias” começou no início do ano de 2019, a partir do encontro artístico entre o coletivo brasiliense Instrumento de Ver e a circografia da francesa Maroussia Diaz Verbèke

Em Brasília, o grupo já ocupou importantes territórios da cidade através de suas temporadas. Somos acrobatas, técnicos, produtores, realizadores, criadores, vendedores de pipoca, fotógrafos e artistas. Inventamos e reinventamos jeitos de criar desde 2002, nos reconfigurando o tempo todo, lidando com as mais diversas facetas da produção cultural e da criação artística. Temos o processo de criação como fonte de inspiração, como caminho e como fim.

Além dos “23 fragmentos desses últimos dias” (2022 – circografia de Maroussia Diaz Verbèke), o grupo tem inúmeros espetáculos apresentados pelo Brasil e no mundo: PORUMTRIZ” (2015 – direção de Raquel Karro), “O Que Me Toca é Meu Também” (2012 – direção de Raquel Karro) e “Meu Chapéu é o Céu” (2010 – direção de Leo Sykes), aplaudidos por um público de mais de 16 mil pessoas de 70 diferentes cidades brasileiras e que estão conquistando os palcos internacionais.

Como artistas produtivos e produtores criativos, defendemos a gestão criativa em rede, sob o prisma de não dissociar o fazer artístico da gestão cultural. Acreditamos que a arte é essencial para que possamos nos reconhecer enquanto seres humanos. Criamos, ao longo desses 20 anos, uma trama costurada com muito amor, junto com parceiros especiais. Essa rede é dinâmica e cresce a cada novo projeto, alimentando o nosso desejo de criar.

FICHA TÉCNICA GRUPO:

- Publicidade -

Circografia*: Maroussia Diaz Verbèke (FRA)

Intérpretes Criadores: Beatrice Martins, Julia Henning e Maíra Moraes (Instrumento de Ver),

André Oliveira, Lucas Maciel e Marco Motta (artistas parceiros)

Assistência de Circografia*: Elodie Royer

Direção Técnica: Thomas Roussel

Pesquisa Musical: Cícero Fraga e Loïc Diaz Ronda

Desenho de Luz: Diego Bresani e Bruno Trachsler

Consultoria Cenográfica: Charlotte Masami Lavault

Operação de som no Brasil: Cícero Fraga

Operação de luz no Brasil: Euler Oliveira

Vídeos: Cícero Fraga e Luiza Herdy

Fotografias: João Saenger

Produção no Brasil: Gabriela Onanga, Maíra Moraes, Julia Henning

Comunicação no Brasil: Beatrice Martins e Julia Henning

Comunicação na França: Elodie Royer

Realização e Concepção artística: Coletivo Instrumento de Ver (BR) e Le Troisième Cirque (FR)

Incentivo: Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal, Ministério da Cultura e Governo Federal União e reconstrução.

REALIZAÇÃO:  Festival de Circo do Brasil – Luni Produções Ltda

SERVIÇO:

Espetáculo de Circo “23 Fragmentos dos últimos dias” em Recife, no Festival de Circo do Brasil

Datas: 27 e 28 de abril (sábado e domingo)

Horário: 20h (sábado) e 19h (domingo)

Local: Teatro RioMar Recife – Recife / PE – Piso L4 do RioMar Recife

Valores: Plateia: R$ 60,00 inteira e R$ 30,00 meia entrada

Vendas: Ingressos podem ser adquiridos na bilheteria ou no site do teatro

Classificação indicativa: livre

Duração: 90 minutos

 

Compartilhe este artigo
Segue:
Jornalista há mais de 20 anos, com experiência em redação, em diversas editorias, assessoria de imprensa, produção de conteúdo, produção e apresentação de podcast e comentarista em canal independente no YouTube