Instituto Joãosinho Trinta faz reunião na Secretaria de Cultura de São Gonçalo

O Instituto Joãosinho Trinta (IJT) foi contratado para prestar serviços de consultoria na Secretaria de Cultura de São Gonçalo (RJ) e, dentro da previsão estabelecido pela Lei Paulo Gustavo, desenvolve suas atividades de forma transparente. Na última terça-feira (26) representantes da equipe do IJT tiveram uma reunião, no gabinete da Secretária de Cultura do município, Julia Sobreira.

Na reunião foram abordados o cronograma de etapas do projeto, o anúncio do Programa de Transparência e Integridade implantado pelo ITJ e validação do planejamento estratégico da Consultoria. Participaram do encontro Tomás Sério da Costa, executivo de projetos do IJT; a Sra. Ana Caroline Amaral, responsável pela administração e controler; a Dra. Tamires Pinheiro, representando o escritório RM Advogados Associados (responsável pela implantação do Compliance) e o assessor de comunicação Léo Rivera, como analista de desempenho da estrutura de imagem do projeto.

- Publicidade -

A Lei Paulo Gustavo foi criada para incentivar e reaquecer o setor cultural, gravemente afetado pela pandemia de COVID-19. O objetivo foi garantir que artistas, produtores e organizadores culturais pudessem retomar sua produção local.

SOBRE O INSTITUTO JOAOSINHO TRINTA

O IJT foi criado quinze anos atrás pelo então artista plástico e considerado um gênio do carnaval carioca, Joãosinho Trinta, juntamente com o ex-Secretário de Cultura do Distrito Federal e precursor da Indústria Criativa, José Ricardo Marques – que também dirigiu o Arquivo Nacional e criou o primeiro sindicato da indústria criativa no Brasil, o Sindicriativa. Marques é empresário, advogado, cientista político e jornalista, sendo reconhecido como um grande incentivador de projetos culturais e do desenvolvimento econômico deste setor, sempre incluindo a diversidade cultural brasileira.

Em São Gonçalo, o segundo maior município do Estado do Rio de Janeiro e terceiro maior do país – excetuando as capitais – o IJT vem estruturando uma verdadeira revolução na cultura, assumindo papel fundamental nos resultados da cidade no setor – a partir de um projeto que, certamente, transformará o modelo de pensar a cultura neste importante município.

A Secretaria de Cultura de São Gonçalo é comandado por uma gestora de grande capacidade técnica, Júlia Sobreira, que vem se dedicando com muita habilidade à entrega de resultados que irão impactar a vida do município. O apoio incondicional vem do Prefeito Capitão Nelson e sua equipe, que entendeu a importância da cultura e seu aspecto transformador.

- Publicidade -

O IJT, através de seu corpo técnico, formado por 12 colaboradores de altíssima qualificação, coordenado por Adriana Garuzi, antropóloga, jornalista e socióloga, vem prestando os serviços para que fossem selecionados mais de 390 projetos distribuídos em vários estilos culturais, e que serão apresentados ao longo do ano, gerando valor em diversas áreas e setores da economia local.

Compartilhe este artigo