Jacaraípe concluí ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

No último sábado (27), as águas da praia de Jacaraípe, em Serra, no Espírito Santo, testemunharam o talento e a determinação das atletas brasileiras Luna Hardman e Mariana Nogueira, que brilharam no ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro, etapa feminina do Circuito Mundial de Bodyboarding.

Luna Hardman, o Destaque da Nova Geração: Com apenas 18 anos e ocupando a segunda posição no ranking mundial, Luna Hardman mostrou sua habilidade ao chegar em duas finais. Na categoria Pro Junior, enfrentou a portuguesa Luana Dourado e conquistou o título, para alegria dos fãs locais. Em seguida, desafiou a líder do ranking, a japonesa Sari Ohhara, na final da categoria Profissional, garantindo uma impressionante segunda colocação.

- Publicidade -

“Muito feliz com este título na Pro Junior. Estava buscando essa conquista e, agora, pude vencer em casa. Agradecendo todo o apoio da torcida”, compartilhou Luna, cuja mãe é Neymara Carvalho, pentacampeã mundial e uma das organizadoras do evento.

Mariana Nogueira, a Rainha da Máster: Aos 52 anos, Mariana Nogueira demonstrou sua expertise ao conquistar seu terceiro título consecutivo na categoria Máster. Enfrentando a talentosa portuguesa Catarina Sousa na final, Mariana mostrou por que é considerada uma das lendas do esporte, levando o troféu para casa mais uma vez.

“Estou muito emocionada. Qualquer mulher, atleta, que chega na Máster e que pode continuar vivendo essa vida de atleta tem muito a comemorar”, compartilhou Mariana.

O evento, em sua terceira edição, atraiu um número recorde de 115 inscrições, com a participação de 75 atletas de sete países diferentes. A premiação total foi de 37 mil dólares (cerca de 190 mil reais).

Celebração da Diversidade e Inclusão: Além das competições principais, o evento também incluiu categorias como Open, destinada a atletas amadoras, e Pessoas com Deficiência, visando promover a inclusão e o crescimento do esporte em todas as suas formas.

- Publicidade -

Uma categoria especial que chamou a atenção foi a Mães e Filhos, destacando atletas que equilibram o esporte com a maternidade, fortalecendo os laços familiares e promovendo o empoderamento feminino.

O ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro 2024 teve o patrocínio máster da ArcelorMittal, do Governo do Estado do Espírito Santo por meio da Lei de Incentivo ao Esporte Capixaba, e da Prefeitura Municipal da Serra, com apoio de Coroa. A realização foi do Instituto Neymara Carvalho e da IBC.

Compartilhe este artigo
Katarine Monteiro é jornalista especializada em esportes olímpicos e em saúde. Com cobertura de grandes eventos internacionais, como Jogos Pan-Americanos em Lima 2019, Qatar Total Open 2020, Qatar ExxonMobil Open 2019 - tênis em Doha (QT), Semana de Vela de Ilhabela, Transat Jacques Vabre 2019 (França-Brasil), L'Étape Brasil by Tour de France, também já fez coberturas de natação, maratona aquática, vôlei, polo aquático, Fórmula E, vela, skate e boxe, além de eventos esportivos como assessora de imprensa, relações públicas e social media.