Microcrédito cresce 18% em Teresina impulsionado pelo período de São João

A demanda por crédito para investir no próprio negócio no período junino provocou um incremento anual de 18% no volume da carteira de recursos concedidos pelo Santander Brasil a microempreendedores em Teresina, em relação ao mesmo período de 2023. Segundo dados de abril do Prospera, o programa de microcrédito do Banco, as mulheres são as que mais procuram essa modalidade de crédito, alcançando 74,9% do total dos clientes no estado.

Os números também reforçam a expansão do empreendedorismo no Piauí. Entre janeiro e abril deste ano, o Prospera emprestou R$ 20 milhões aos empreendedores teresinenses, atingindo uma carteira total de R$ 28 milhões. Esses valores estão distribuídos entre os 10,2 mil clientes do Prospera em Teresina, um crescimento de 7% desse público, comparando-se ao mesmo período de 2023. A maioria deles está concentrada nos ramos de confecção/conserto de roupas, cosméticos e vestuário.

“O Santander Brasil vem atuando em várias frentes para fomentar o empreendedorismo no Piauí. Essa projeção do Banco, com um importante crescimento na carteira do Prospera em Teresina, deve representar um impacto na geração de renda e novos negócio, além de solidificar aqueles já existentes em um período tão relevante para a região. Neste período, a cultura local respira os festejos juninos, e a economia pulsa com o crescimento nas vendas do comércio e no setor de serviços em geral”, destaca Paulo César de Lima Alves, diretor do Santander Brasil e responsável pela Rede Nordeste do Banco.

Compartilhe este artigo
Segue:
Jornalista há mais de 20 anos, com experiência em redação, em diversas editorias, assessoria de imprensa, produção de conteúdo, produção e apresentação de podcast e comentarista em canal independente no YouTube