Miguel Abud do Yacht Clube da Bahia quebra recordes na pesca

Apesar de ter apenas 13 anos, Miguel Abud já é um nome reconhecido no cenário da pesca esportiva nacional. Aos 12 anos, o talentoso pescador do YCB – Yacht Clube da Bahia, marcou seu lugar na história ao quebrar o recorde brasileiro juvenil ao capturar um Swordfish Gladius (Xiphias Gladius) de impressionantes 130kg.

Este não foi o único feito notável de Miguel, que aos oito anos já havia pescado um Marlim Azul de 220kg.

- Publicidade -

Inspirado por seu pai, Lucas Abud, Miguel começou a acompanhar e pescar desde muito jovem. Sua paixão pelo esporte o levou a iniciar sua carreira de atleta mirim na Flórida (EUA) e nas Ilhas do Caribe durante as férias escolares.

Segundo Lucas, seu filho passava horas a bordo do barco, dedicando-se inteiramente à pesca, desde o momento em que acordava até a hora de dormir, durante 20 dias seguidos.

“É muito gratificante. Miguel é muito parecido comigo quando eu era jovem. Ele pensa em pesca o tempo todo, quer competir, vencer e quebrar recordes. Miguel é muito dedicado, minucioso e altamente competitivo! Este esporte é benéfico para o desenvolvimento das crianças, pois promove um ambiente de amizade e camaradagem extremamente saudável”, explicou Lucas Abud, pai de Miguel.

Miguel compartilhou um pouco sobre sua experiência ao pescar o Swordfish Gladius (Xiphias Gladius), de 130kg, que lhe rendeu o recorde brasileiro juvenil.

“Nos dois primeiros dias não tivemos sorte com o Swordfish Gladius (Xiphias Gladius), apenas soltamos um tubarão raposa. Mas no terceiro dia, por volta das 12h, eu já estava perdendo as esperanças, até que avistamos um grande peixe. Preparei o cinto e o colete para ficar em pé enquanto pescava. Lutei com o peixe por mais de duas horas. Por volta das 14h30, ele se aproximou do barco exausto. Conseguimos fisgá-lo e quando vi o tamanho, não pude acreditar! Fiquei muito emocionado. Até hoje, quando olho as fotos, ainda não consigo acreditar. Nunca imaginei que isso se tornaria um recorde e estou extremamente feliz!”, disse Miguel Abud.

- Publicidade -

O jovem pescador tem grandes ambições para o futuro. Miguel continua se dedicando aos estudos e à pesca, acompanhado por sua família e amigos.

“Meu sonho é continuar pescando peixes de bico. Aos 8 anos, soltei um Marlim Azul de 220kg em Saint Thomas, nas Ilhas Virgens Americanas. A luta durou duas horas na cadeira, usando uma linha de 50lbs. Esse foi o primeiro grande peixe que soltei na minha vida! Meu próximo desafio é conseguir um Grand Slam de pescador este ano”, concluiu Miguel.

Sobre o Yacht Clube da Bahia

O Yacht Clube da Bahia surgiu do desejo de construir barcos a vela, nossa paixão por esportes está diretamente ligada à nossa origem. O Clube possui hoje mais de 15 categorias esportivas e notoriamente se destaca por sua vocação pelas modalidades náuticas e aquáticas, especialmente a Vela, Natação, Canoagem e Pesca Esportiva. Os esportes terrestres completam nossa grade, oferecendo um repertório completo.

Vale ressaltar que entendemos o esporte como um elemento muito importante do convívio social dos nossos Associados, desde a interação de jovens e adultos em seus grupos de amigos até a formação de atletas de alto rendimento, que estão presentes frequentemente nos pódios de competições nacionais e internacionais.

- Publicidade -

O Yacht Clube da Bahia também organiza eventos com destaque no calendário esportivo náutico nacional, como a tradicional Travessia Itaparica-Salvador de Natação que existe desde 1955, o Desafio Salvador – Morro de São Paulo de Canoagem que é a maior prova sem revezamento da América Latina, além de diversas outras competições.

Compartilhe este artigo
Katarine Monteiro é jornalista especializada em esportes olímpicos e em saúde. Com cobertura de grandes eventos internacionais, como Jogos Pan-Americanos em Lima 2019, Qatar Total Open 2020, Qatar ExxonMobil Open 2019 - tênis em Doha (QT), Semana de Vela de Ilhabela, Transat Jacques Vabre 2019 (França-Brasil), L'Étape Brasil by Tour de France, também já fez coberturas de natação, maratona aquática, vôlei, polo aquático, Fórmula E, vela, skate e boxe, além de eventos esportivos como assessora de imprensa, relações públicas e social media.