Pescador de São Gonçalo encontra muda de Mangue crescendo em lixo

Durante a coleta de resíduos sólidos realizada na Ilha do Pontal, o pescador Márcio Rocha, morador do rio Marimbondo, encontrou uma muda de mangue crescendo na base de um assento de cadeira feito de espuma e material sintético. Esta descoberta impressionante destaca a força da natureza, capaz de prosperar mesmo em meio ao lixo.

A ação faz parte do Projeto Águas da Guanabara, uma iniciativa voltada para a limpeza e preservação da Baía de Guanabara e seus arredores. O projeto busca mobilizar a comunidade local para proteger os ecossistemas aquáticos e promover a conscientização ambiental. A imagem da muda de mangue emergindo no meio do lixo é um símbolo poderoso de resiliência e esperança, reforçando a importância de esforços contínuos para a recuperação ambiental.

O Projeto Águas da Guanabara continua seu trabalho essencial na limpeza e conservação do meio ambiente, mostrando que, com dedicação e esforço comunitário, a natureza pode se regenerar e prosperar.

“A descoberta desta muda de mangue é um sinal claro de que a natureza ainda pode se regenerar, mesmo em meio à poluição. Isso nos dá mais motivação para continuar com nossos esforços de limpeza e preservação.” — Gilberto Alves, presidente da colônia de pescadores Z-8.

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *