Santander e Novo Sertão juntam esforços para capacitar empreendedores no semiárido do Piauí

Capacitar empreendedores do semiárido piauienses é o desafio do Santander Brasil em uma missão na qual está somando forças com o Instituto Novo Sertão, há quase uma década desenvolvendo um trabalho social nesta região. A primeira ação será promover a Rota do Empreendedor, com os conteúdos do Programa Avançar, do Banco, para um encontro em Betânia do Piauí, uma das cidades com menor IDH do estado, já na divisa com Pernambuco, no dia 25 de junho, no Espaço de evento Gonzagão, no Centro, a partir das 19h.

A estimativa é reunir cerca de 150 pessoas, entre empreendedores, lideranças de associações e de trabalhadores rurais, na sede do Instituto Novo Sertão, projeto apoiado pelo Banco em Inclusão Produtiva. O objetivo principal da Rota é capacitar esse público nos temas de Educação Financeira, Gestão de negócios e Marketing Digital, para que possa desenvolver e, consequentemente, prosperar nos seus negócios.

Em paralelo, os agentes do Prospera, plataforma de microcrédito do Santander, estarão acompanhando os empreendedores no local. Poderão estimular a enxergar oportunidades, apresentar soluções para capitalizar e investir no próprio negócio e ajudar na estruturação e gestão para a melhor saúde financeira do empreendedor.

PROGRAMA AVANÇAR
O Programa Avançar é uma iniciativa do Santander para entregar soluções que apoiam pessoas que estão no início da jornada empreendedora ou já empreendem e querem alavancar o seu negócio. Para apoiá-los nessa jornada, há o Avançar+, uma plataforma de cursos 100% gratuitos com certificado. No site da plataforma, encontra-se cursos, trilhas e podcasts sobre os temas: Marketing Digital, Educação Financeira, Gestão de Negócio, Empreendedorismo e outros conteúdos exclusivos para capacitar, preparar e formar empreendedores e gestores de sucesso.

INSTITUTO NOVO SERTÃO
Há 9 anos, o Instituto Novo Sertão iniciava sua missão de gerar oportunidades e abrir novos horizontes para a população do Piauí. Desde então, a organização tem se dedicado a inovar em metodologias de impacto social, concentrando esforços no apoio às comunidades rurais do semiárido piauiense, através de quatro pilares fundamentais: Geração de Renda, Educação, Esporte, Cultura e Arte. Localizada no município de Betânia do Piauí, a sede do Instituto atende semanalmente mais de 400 pessoas em diversos projetos sociais.

O Novo Sertão figura na lista das 100 melhores ONGs do Brasil por três anos consecutivos. Em 2023, também recebeu o Prêmio do Pacto Contra a Fome, uma iniciativa em parceria com a ONU e Unesco.

O Instituto desenvolve um programa inovador de agricultura familiar e geração de renda que já beneficia mais de 80 famílias no semiárido, produzindo cerca de cinco toneladas de alimento orgânico nos últimos anos e gerando mais de R$ 100 mil em renda extra para famílias em vulnerabilidade social. Este programa é um exemplo concreto do compromisso do Instituto em promover o desenvolvimento sustentável e melhorar a qualidade de vida das comunidades atendidas.

Compartilhe este artigo
Segue:
Jornalista há mais de 20 anos, com experiência em redação, em diversas editorias, assessoria de imprensa, produção de conteúdo, produção e apresentação de podcast e comentarista em canal independente no YouTube