Viagens internacionais estão em alta para o Dia dos Namorados

Com o início de junho e a chegada das baixas temperaturas, uma tendência que ganha força no turismo são as viagens em casal. Além do ar romântico da estação, neste mês, também é celebrado o Dia dos Namorados, em 12 junho. De acordo com a Maxmilhas, travel tech que oferece formas inteligentes para a pesquisa e compra de passagens aéreas promocionais e hotéis, uma tendência importante neste ano são as viagens internacionais em casal para a semana do Dia dos Namorados.  

Em relação ao mesmo período de 2023, houve aumento em 6% nas viagens internacionais em casal na semana do Dia dos Namorados, enquanto as viagens solo caíram 4%. Nas viagens nacionais, o inverso aconteceu: foi observado um aumento de 11% nas viagens com apenas um passageiro e queda de 7% nas viagens de casal no período.   

- Publicidade -

Para impulsionar ainda mais as viagens em casal, a travel tech está promovendo uma campanha especial neste Dia dos Namorados, com descontos de até 10% nas passagens aéreas da plataforma entre 10 e 12 de junho, para viajar em qualquer época do ano e para qualquer destino. A empresa ainda vai oferecer cupons de segundo passageiro grátis para viajar pelo Brasil, mas só para quem se cadastrar no site da campanha até o dia 11/06. Os cupons são limitados e serão disponibilizados no dia 12/06 para os inscritos.  

E para quem ainda não sabe para onde viajar, a Maxmilhas fez um levantamento dos destinos nacionais e internacionais mais buscados para a data. Confira as cidades brasileiras no top 10:   

  1. Rio de Janeiro  
  2. São Paulo  
  3. Campos do Jordão 
  4. Curitiba  
  5. Belo Horizonte  
  6. Salvador  
  7. Fortaleza  
  8. Maceió  
  9. João Pessoa 
  10. Natal  

A plataforma também fez um levantamento dos países mais buscados para a data, são eles:  

  1. Argentina  
  2. Chile  
  3. Estados Unidos 
  4. Portugal 
  5. Itália  
  6. Espanha 
  7. Colômbia 
  8. Peru 
  9. França 
  10. Canadá 

Ainda segundo a Maxmilhas, a duração da estadia nas viagens internacionais neste ano apresentou queda de 28% em relação ao ano passado, de 18 dias, em média, para 13. Outra mudança importante é a representatividade da Argentina no ranking. Apesar de continuar sendo o destino internacional mais procurado, houve queda de 19% no número de passageiros para o país. Isso pode ser reflexo do cenário atual econômico e político do país – o que, por outro lado, ajuda a explicar o crescimento de 60% na participação das viagens para o Chile, que se torna um destino mais competitivo em relação ao país vizinho.   

Por fim, a Europa também vem ganhando mais força na semana do Dia dos Namorados, com aumento de 34% nas viagens para a Itália e 25% para França. Portugal e Espanha mantiveram a representatividade nas viagens internacionais no comparativo com 2023.  

- Publicidade -
Compartilhe este artigo
Segue:
Jornalista e assessora de imprensa