Vittoria, Inteligência virtual da Vitta detecta que 6% das mulheres apresentam alto risco para desenvolvimento de câncer de mama

Vitta, consultoria e especialista em saúde no âmbito digital, conta com IA que é responsável pelo rastreamento de cânceres

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer – INCA, no Brasil, para o triênio de 2023 a 2025, a estimativa de casos de câncer de mama é de 73.610 (66,54) e de útero é de 17.010 (13,65). Ambos os cânceres são as maiores incidências de mortalidade feminina no país.

“Dados como esses são um alerta na população brasileira para a necessidade de estarmos todos e todas atentos à nossa saúde, identificando os riscos e fazendo o necessário para diminuí-los. Não somente realizando os exames de rastreamento mas mantendo hábitos de vida saudáveis, com orientação adequada dos profissionais de saúde quando indicado.” conta Natália Madureira Ferreira, Diretora Médica da Vitta.

A Vitta, corretora de planos de saúde e Hospital Digital, do Grupo Stone, neste ano implementou uma inteligência virtual, denominada Vittoria, responsável por realizar uma detecção precoce do câncer de mama e colo do útero. Em outubro desde ano, a ferramenta foi utilizada com os beneficiários do sexo feminino para investigar novos casos de cânceres. Segundo dados coletados em outubro, cerca de 10% das empresas adotaram a ferramenta, representando 45% de vidas cuidadas, e 9% foram identificadas com risco genético para o desenvolvimento do câncer.

Graças ao sucesso da iniciativa, a Vittoria continuará seus projetos fazendo parte da campanha de Novembro Azul, data importante de conscientização do câncer de próstata.

De acordo com um levantamento do Hospital Digital, telemedicina com CRM próprio, prontuário eletrônico e estrutura tecnológica, os homens geralmente possuem mais acessos a benefícios de saúde. Porém, a especialista explica que eles realizam muito menos consultas preventivas. “Acreditamos que pode ser por falta de conhecimento da gravidade das doenças ou por preconceito ao ir ao urologista”, conta.

Uma pesquisa realizada pela SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), sobre a percepção do homem a respeito da sua saúde, revelou que apenas 32% dos acima de 40 anos se consideram muito preocupados com a própria saúde e que 46% deles só vão ao médico quando sentem algo. Além disso, em conjunto ao Ministério da Saúde mostram que mulheres vão ao médico mais do que homens. Em 2021, por exemplo, no Sistema Único de Saúde (SUS), foram 862 milhões de atendimentos para o público do sexo feminino contra 725,4 milhões do sexo masculino. Já em 2022, até junho, foram 379,4 milhões contra 312,4 milhões.

“A visita ao profissional de saúde, é essencial para que um diagnóstico precoce e/ou medidas de prevenção sejam iniciadas o mais precocemente possível. Os pacientes, ao acessarem o hospital digital, vão encontrar 16 tipos de especialidades e todo um suporte pela nossa equipe especializada, desde a triagem até o tratamento necessário. Esse benefício vem para desburocratizar o atendimento do mercado de saúde, colocando toda uma equipe de saúde à disposição do pessoa de forma rápida e prática” conclui a Diretora Médica da Vitta

Sobre a Vitta
Inaugurado em 2014, com o objetivo de utilizar a tecnologia no mercado de saúde para que os médicos pudessem cuidar dos seus pacientes com maior atenção. Estamos em 25 estados brasileiros, atendendo mais de 15.000 médicos espalhados pelo Brasil afora. Nosso sistema foi adotado por marcas como Fleury, Omint e Albert Einstein. Em 2020, passamos a fazer parte do grupo Stone para conseguir atender todas as demandas com qualidade e profissionalismo.

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *