Black Friday: Ciclic dá dicas para fazer suas compras de forma segura

A Black Friday, marcada para 24 de novembro, é o momento que muitos consumidores aproveitam para comprar aquele produto que durante todo o ano esteve muito caro, mas que com as promoções feitas na data consegue adquiri-lo. É também a aposta para o comércio alavancar as vendas de final de ano. A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) estima que o faturamento no comércio eletrônico chegue a R$ 7,1 bilhões em 2023, um aumento de 17% em relação à Black Friday de 2022.

Mas seja no comércio eletrônico ou nas lojas físicas, o consumidor deve ficar atento para não ser enganado. A Ciclic, empresa BB Seguros, preparou algumas dicas para as compras serem feitas de forma segura:

  • Verificar e monitorar os preços um pouco antes da Black Friday para conferir se o desconto oferecido é real;
  • Ler com atenção as condições gerais da compra;
  • Checar se o valor baixo do produto é realmente um desconto ou o item tem algum defeito;
  • Prestar atenção em anúncios porque podem ser falsos e resultar em golpes e fraudes;
  • Se a compra for feita em um site, é importante verificar as avaliações e os comentários de outras pessoas que já compraram nele, pesquisar a reputação da empresa e ter muita atenção na hora de colocar os dados do cartão, confirmando se o site é seguro;
  • Checar se a empresa é confiável e segura;
  • Verificar prazos de entrega e a empresa que a fará, acompanhar o rastreamento da entrega e confirmar se é possível devolver o produto.

Embora milhares de consumidores sejam atraídos por descontos tentadores, a Black Friday acaba abrindo as portas para possíveis riscos, como fraudes, transações não autorizadas (inclusive via PIX) e problemas com entregas. Por isso, ter um seguro de cartão de crédito passa a ser uma alternativa de proteção adicional, garantindo que, em caso de problemas, o consumidor possa recuperar seu dinheiro de forma mais fácil e rápida.

Nesse cenário, a Ciclic tem o seguro Bolsa e Conta Protegida, com cobertura para perda e roubo de cartão, ou seja, se o consumidor tiver esse seguro e o cartão segurado for roubado ou perdido, o seguro cobre os débitos indevidos nesse cartão, desde que sejam notificados em até 96 horas após a perda ou o roubo.

Esse seguro também protege as compras feitas com o cartão segurado. Se os itens forem roubados em até 24 horas após a compra, o cliente pode acionar o seguro.

Bruna Melo, COO da Ciclic, aconselha os consumidores a considerarem a inclusão de um seguro para cartão de crédito especialmente em grandes eventos do varejo como a Black Friday em que há um alto volume de transações.

“Na hora da contratação do Bolsa e Conta Protegida, o cliente escolhe o que quer proteger: se é a conta ou se é o cartão. Há uma apólice para cada tipo de proteção. Em situações que envolvem o roubo de itens da bolsa ou compras, a apresentação da nota fiscal é necessária para acionar o seguro e receber o reembolso”, explica Bruna.

A contratação do Bolsa e Conta Protegida é simples e pode se r feita pelo site ou pelo aplicativo da Ciclic. As coberturas começam a valer após 24 horas da contratação.

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário