Da construção para o sambódromo: energia que contagia!

Apaixonados pelo Tricolor Paulista, colaboradores da construtora MBigucci se uniram para uma construção inusitada: a da ala “Marfim Sagrado”, da Escola de Samba Independente Tricolor. No lugar dos capacetes brancos das obras, muita cor, brilho e adereços na finalização das fantasias.

“Foi uma verdadeira construção aqui no barracão, um serrando, outro furando, outro pintando… Porque não basta ter samba no pé, no carnaval, assim como na obra, é preciso ter muita união, garra e vontade! E esse time demonstrou tudo isso e muito mais. Agora, estamos contando os minutos para entrar no Sambódromo”, destacou a arquiteta e urbanista Roberta Bigucci, que é apaixonada por dança, samba e sempre está presente no carnaval paulista.

- Publicidade -

E bastou um convite da Roberta no grupo de whats dos colaboradores da construtora, para “lotar” a ala Marfim Sagrado, no total são 64 integrantes. E a adesão foi tanta, contando alguns amigos e agregados, que deu até para “emprestar” uns 30 participantes para outras alas da Independente.

Desde outubro/2023, o grupo se reúne praticamente todo final de semana nos ensaios da Independente Tricolor. “Ao contrário do que muitos pensam, o carnaval é sério como o ambiente de trabalho!  Tem hierarquia, bastante tarefas a cumprir e muito comprometimento! E é ai que entram os amigos, trocando informações, um ajudando o outro, e nos unindo para atingirmos nossa meta que é ver a Independente ser campeã!” comentou a contadora Mônica Acêncio, uma das integrantes. “Mas é claro que também tem muitas risadas e descontração”, completou Mônica.

Ensaios finalizados, agora é esperar a madrugada do sábado, dia 10/2, às 02h30, para os colaboradores, ou melhor, os foliões, entrarem no Sambódromo do Anhembi e entregarem a construção dos últimos quatro meses, cheia de energia, união e amor à Independente Tricolor.

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *