Duo Capixaba Leva Choro e Samba às Raízes com Projetos Inclusivos

Retornar o Choro às suas raízes: a periferia das cidades. Essa é a proposta do duo capixaba Ladeira Pernambuco, formado por Anna Carolina Spano (flauta) e Matheus Pereira (violão). Choro e Samba se encontram em apresentações que já circularam em diversas praças de Vitória (ES) e agora serão realizadas no Instituto João XXIII e no Centro de Convivência da Terceira Idade em Jardim da Penha. Através dos eventos, os músicos buscam levar os ritmos para regiões de vulnerabilidade social. As apresentações gratuitas e as oficinas de acessibilidade tiveram início no mês de maio e continuam em junho, direcionadas aos participantes do projeto.

A iniciativa de levar música ao público vulnerável ocorre graças aos recursos do Funcultura através da Secretaria Estadual de Cultura e governo do estado do Espírito Santo, e visa ampliar o acesso ao público em regiões que possuem pouco acesso à Cultura. “Com o apoio do Governo do Estado, teremos a oportunidade de promover o choro para crianças em situação de vulnerabilidade, público da terceira idade e pessoas em situação de rua”, afirma Matheus Pereira, violonista.

O que motivou a dupla a levar música para esses públicos foi, principalmente, o distanciamento do choro, enquanto ritmo, de suas origens nas áreas suburbanas do Rio de Janeiro e São Paulo. Anna Carolina Spano explica que “durante estudos na iniciação científica, o Matheus observou a distância entre as origens do choro, preta e pobre, e a apropriação desse gênero por uma outra camada da sociedade, branca e elitizada. Então, surgiu em nós a vontade de democratizar o choro e estimular sua reapropriação pelas camadas originárias”.

A diversidade do público é o grande diferencial do projeto, e, por isso, impõe desafios para sua execução. Sobre tal aspecto, eles comentam: “nosso grande desafio é a variedade do público que buscamos atingir, o que demanda planejamentos específicos para cada perfil. Precisamos de ações para garantir a atenção e o interesse dos públicos considerando as peculiaridades de cada um deles”.

Conheça o duo Ladeira Pernambuco

A dupla é formada pelo violonista Matheus Pereira e a flautista Anna Carolina Spano, que se conheceram em Vitória, em 2019, e desde então iniciaram um processo de imersão na música brasileira instrumental.

Matheus é licenciado em Música e desenvolveu pesquisas de Iniciação Científica nas temáticas de Transdisciplinaridade, Contação de História, Canto Coral e Capoeira. Anna toca flauta doce desde os cinco anos, e se tornou Flautista Transversal aos 16. Desde 2021, Anna Carolina e Matheus escolheram atuar com a música popular brasileira dos séculos XIX e XX, com foco em Choro. Em sua trajetória, além das apresentações na praça e nos projetos sociais, o duo Ladeira Pernambuco já participou de oficinas com apresentação no Festival Internacional de Inverno de Música Erudita e Popular de Domingos Martins (edições de 2022 e 2023).

Acompanhe o duo Ladeira Pernambuco

Instagram: @duoladeirapernambuco
YouTube: https://youtube.com/@duoladeirapernambuco

Compartilhe este artigo
Segue:
Julia Ourique é jornalista, doutoranda e mestre em Comunicação (UERJ). Atua como assessora de imprensa há mais de 10 anos, tendo trabalhado com projetos de música, dança, teatro, circo e exposições de arte.