Estudo sobre as campanhas de Natal em emissoras paulistas e perspectivas para 2023

Expectativa é que haja um aumento entre 10% e 20% no número de inserções na TV aberta relacionadas ao Natal, entre os dias 10 e 25 de dezembro de 2023

O Natal se destaca como um dos eventos mais esperados para o varejo, representando uma data significativa para a economia em todo mundo. No Brasil, as projeções para as vendas natalinas de 2023 indicam o movimento de R$68,97 bilhões, refletindo um aumento de 5,6% em comparação ao ano anterior, considerando os reajustes pela inflação.

De acordo com a estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), esse crescimento representa a maior expansão em quatro anos, sugerindo uma recuperação substancial do setor. No entanto, mesmo com esse avanço, ainda se projeta que o volume de vendas permaneça aquém dos patamares pré-pandemia. Em 2019, por exemplo, o faturamento natalino superou a marca de R$70,9 bilhões, indicando que o setor busca recuperar completamente sua força após os desafios impostos pelos eventos recentes.

O estudo realizado pela Tunad, sobre as Campanhas de Natal na TV Aberta de São Paulo e perspectivas para 2023, mostra um aumento de 20% no total de anúncios relacionados ao tema Natal de 2021 para 2022 podendo atingir o mesmo percentual de aumento para 2023. A pesquisa foi comparada ao período de 10 a 25 de dezembro dos anos analisados e foram utilizadas somente inserções com temas ligados ao Natal na TV aberta base São Paulo e NET.

Os destaques em 2021 foram para os segmentos de Bebidas Não Alcoólicas, Beleza e Estética, e Produtos Financeiros, que juntos representaram 42% do total. Em 2022, os destaques foram para os segmentos de Bebidas Não Alcoólicas, Móveis e Decoração, e Rede de Farmácias, representando 63% do total.

No mesmo ano, a Dolly foi a marca com mais inserções, totalizando 320, sendo 40% delas no SBT. O segundo lugar ficou com O Boticário, com 168 inserções de Natal, sendo 78% delas na Globo e no SBT. Em terceiro lugar, ficou a Tele Sena, com 100% das suas inserções no SBT.

Em 2022, a marca com mais inserções foi a Marabraz, com 497, sendo 38% delas no SBT. Em segundo lugar, ficou a Coca-Cola, com Record e Redetv representando 68% das emissoras anunciadas.

Em termos de “uplift” — aumento nas buscas pela marca no Google em relação à média — o destaque tanto absoluto quanto médio (uplift dividido pelo número de inserções) foi para o Mercado Livre. A plataforma de e-commerce teve mais que o dobro do uplift absoluto em relação ao segundo colocado, que foi a Ultrafarma, e quatro vezes mais uplift médio que a Havan, segunda colocada.

Entre 10 e 18 de dezembro de 2023, as categorias que mais se destacam em número de inserções em criativos relacionadas ao Natal são: Produtos Financeiros, Produtos Alimentícios e Bebidas Não Alcoólicas. Em relação às marcas, Viva Sorte lidera com 204 inserções, sendo 53% delas feitas na Rede Bandeirantes. Seguida por Dolly, com 183 inserções, sendo 73% das inserções realizadas na Record e no SBT, e, em terceiro lugar, a Cacau Show com 150 inserções, sendo 57% realizadas na Record e no SBT.

Sendo assim, seguindo a tendência dos últimos anos, a expectativa é que haja um aumento entre 10% e 20% no número de inserções na TV aberta de São Paulo relacionadas ao Natal, entre os dias 10 e 25 de dezembro de 2023. Além disso, esses dados fornecem uma compreensão mais aprofundada do comportamento do mercado publicitário durante a temporada de Natal na TV aberta de São Paulo, auxiliando anunciantes, profissionais de marketing e observadores do setor a planejar e ajustar estratégias com base nas tendências identificadas.

Para ler o estudo basta clicar em: https://bit.ly/3NAqiro.

Compartilhe este artigo
Segue:
Autora na Gazeta24h e agora na ImprensaBr, sempre com comprometimento com a imparcialidade na informação.
Deixe um comentário