Férias escolares! Como manter as crianças seguras na internet?

Michelle Menhem, especialista em tecnologia, compartilha 9 dicas para proteger os pequenos no mundo virtual

No mundo atual, é inevitável que as crianças tenham acesso a internet. Diante da exposição crescente a ameaças online, é fundamental que os pais estejam atentos para proteger os pequenos dos perigos presentes nas redes. Michelle Menhem, especialista em tecnologia e CEO da Skytech, separou dicas essenciais para manter as crianças seguras. Confira:

  1. Eduque as crianças
    A especialista recomenda que instruir as crianças sobre os perigos online é imprescindível. “Os pais devem enfatizar a importância de não compartilhar informações pessoais e ensinar como lidar com situações inapropriadas”.
  2. Estabeleça limites de tempo online
    Estabeleça limites diários para o uso da internet. Garantir que as crianças não naveguem por longos períodos sem supervisão é uma maneira eficaz de promover um equilíbrio saudável.
  3. Mantenha o computador em um local visível
    Outra dica é colocar o computador em áreas abertas, como a sala de estar, pois facilita a monitoração constante das atividades online e permite que os pais acompanhem o que as crianças estão acessando.
  4. Utilize ferramentas que auxiliam no monitoramento

Segundo Michelle, o uso de ferramentas de controle parental é uma medida crucial. Bloquear conteúdos impróprios, restringir o acesso a determinados sites e monitorar o histórico de navegação são estratégias para garantir um ambiente online seguro.

- Publicidade -
  1. Fique atento às redes sociais
    Se a criança estiver usando redes sociais, acompanhe suas interações online e verifique suas configurações de privacidade para garantir que apenas amigos e familiares próximos possam ver suas postagens.
  2. Estimule a comunicação
    Incentive um ambiente aberto para que as crianças compartilhem suas experiências online. Isso cria uma atmosfera em que se sintam à vontade para compartilhar qualquer preocupação ou situação desconfortável.
  3. Estabeleça regras
    Estabelecer regras familiares para o uso seguro da internet é uma prática eficaz. Abordar tópicos como o compartilhamento de informações pessoais e a criação de senhas seguras promove a responsabilidade digital.
  4. Ensine sobre segurança cibernética
    Ensine a importância de manter informações pessoais seguras. Orientar as crianças para não compartilhar senhas, desconfiar de links desconhecidos e não abrir anexos de e-mails suspeitos é fundamental.
  5. Mantenha-se atualizado
    A última dica da especialista, mas não menos importante, é conhecer os aplicativos e sites frequentados pelas crianças. Essa familiaridade permite que os pais compreendam os riscos potenciais e tomem medidas preventivas adequadas.

Lembre-se de que a supervisão e o diálogo são chaves para manter as crianças seguras online. Esteja sempre disponível para conversar sobre suas preocupações e ensinar a elas como agir na internet.

Fonte:
Michelle Menhem l @michellemenhemm
Especialista em tecnologias
CEO Grupo Skytech @solutionsskytech @skymachinesolucoes @techchannelcapacitacao

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *