Grito silencioso de socorro: Ally Dyla lança lyric video do novo single “Me Priorizar”

Após estrear nas plataformas digitais o single “Me Priorizar“, a cantora e compositora Ally Dyla traz o lyric vídeo do lançamento. O audiovisual, que já está disponível no YouTube, chega para completar visualmente a história do novo som, que apresenta o diálogo entre uma mulher vítima de feminicídio e a sociedade culpada, que sustenta estruturalmente essa violência.

“Me Priorizar” é uma composição autoral de Ally, que como uma grande admiradora de metáforas e músicas que contam histórias reais, apresenta esse novo single com reflexões, questionamentos, debates e mensagens impactantes e necessárias. É uma canção que transcende o mero entretenimento e chega para provocar/despertar consciências. 

- Publicidade -

“Me Priorizar”, como o próprio nome diz, traz o dilema da mulher, muito em pauta nos dias de hoje, sobre se priorizar frente a tantas cobranças e imposições que são colocadas sob elas, desde quando nascem. Dessa forma, carrega o questionamento, “será que me priorizar é tão fácil assim como me dizem?”.

O lyric vídeo foi criado usando como base o conceito primordial de “Me Priorizar”, ou seja, é um grito silencioso por socorro, em que as mulheres vítimas do feminicídio não são ouvidas e logo mais enterradas junto às suas histórias. “Tentamos mostrar o desenvolvimento da agressão até o momento em que de fato a mulher é assassinada. Ao longo do vídeo percebemos que a vítima vai se deteriorando aos poucos até de fato ser totalmente silenciada. Essa história não é sobre o agressor e sim sobre a mulher invisibilizada e a sociedade que desampara. Dessa forma, o foco total do lyric é na mulher e em seu sofrimento. Com isso, exploramos a dor desde seu momento mais reprimido ao momento mais grotesco”, conta Ally.

No audiovisual, os elementos como a terra e as flores trazem um ar fúnebre, remetendo de fato ao velório e a metáfora sobre o cuidado ser mais bem vindo após a morte que durante a trajetória em vida. “A moldura traz o aprisionamento da mulher em seu eterno sofrimento e a ideia de uma aparência que na prática não se sustenta”, ressalta a cantora. 

A escolha do traje íntimo bege e não curvilíneo, traz a ideia de que a mulher é objetificada e reduzida a nada, mesmo que esteja usando aquilo que socialmente seria o sinônimo de “não-sensual”, além de reforçar que o foco é a mulher como ser. A maquiagem base, traz um batom vermelho, sinônimo de força e poder, para mostrar que mesmo mulheres empoderadas estão sujeitas à violência doméstica. Por fim, percebe-se que ao longo do vídeo a maquiagem vai se desfazendo junto com a mulher, como se ela fosse deixando de existir como indivíduo e passar a ser apenas um corpo sem vida. 

Sobre a expectativa para o lançamento, Ally afirma: “Está alta, já que o retorno do público tem sido surpreendente quanto a faixa ‘Me Priorizar’, então dá para sentir o envolvimento deles com a história. Além disso, o lyric vídeo é a forma mais completa onde reunimos o áudio ao visual, tentando passar a emoção real ao qual a música foi baseada, então quero muito saber se conseguimos alcançar tal feito”, finaliza. 

- Publicidade -

 

Compartilhe este artigo
Jornalista e assessora de imprensa. Trabalha na área do entretenimento há mais de 6 anos e é apaixonada pela comunicação.