GZLZ faz celebração do ritmo e do movimento em “Baile do Amanhã”

Projeto de música eletrônica alternativa e artes visuais mergulha no Miami Bass em novo single

Idealizado pelo laboratório multimídia Gonzalez, GZLZ é um projeto artístico que usa a música como plataforma sensorial para criar experiências únicas para o ouvinte. Preparando seu debut fonográfico, eles criam uma celebração do que é familiar e do que nos move, mas também um convite para explorar novos ritmos no single “Baile do Amanhã”. A faixa tem como inspiração o Miami Bass e do funk carioca da década de 90, base do pop brasileiro das últimas décadas.

Ouça “BAILE DO AMANHÔ: http://bit.ly/gzlz_baile_do_amanha 

“Lançando ‘Baile do Amanhã’ às vésperas do carnaval, sinto que a música cai como uma luva no clima de festa, euforia, catarse. Para mim, ela é sobre a transformação constante no mundo da música, sem fronteiras ou limites geográficos. É um convite para todes curtirem, explorando tanto as sonoridades mais nostálgicas quanto as mais futuristas. Acho que essa faixa tem a vibe certa para animar qualquer pista de dança!”, conta Pedro Jardim, diretor criativo e produtor musical do projeto.

A GZLZ já havia experimentado em criações sonoras e audiovisuais que remetem a um ambiente caótico, mas pulsante em uma série de singles e trabalhos em artes visuais como a instalação “Echoflux”. O clipe de “Linha Amarela” foi destaque em festivais de vídeo-arte pelo Brasil e em Portugal.

Assista ao clipe “Linha Amarela”: https://youtu.be/bAiSdvvc9O8 

Recentemente, eles lançaram “RAMAL”, uma faixa sobre o caos do dia-a-dia cheia de nuances que funciona como um cartão de visitas e intenções do projeto que une música e artes visuais. As canções habitam moods diferentes, porém complementares.

Assista ao visualizer “RAMAL”: https://youtu.be/gyWJ8dP3wrY 

“Esteticamente, ‘Baile do Amanhã’ se conecta com ‘Ramal’ pela exploração de camadas sonoras e texturas, mas a energia é diferente. ‘Ramal’ é mais uma viagem introspectiva, enquanto ‘Baile do Amanhã’ é pura vibração e calor. Acho que a diferença está na sensação de movimento: enquanto ‘Ramal’ é uma jornada, ‘Baile do Amanhã’ é uma celebração”, conta Pedro.

Os singles estão disponíveis em todas as plataformas de música.

Ficha Técnica:

Direção Criativa: Pedro Gonzalez Jardim e Pedro Muniz

Produção Musical: Pedro Gonzalez Jardim e PLTO

Beat, Synths e Teclados: Pedro Gonzalez Jardim

Beat: PLTO

Mix/Master: Monog

Label Management: Alvares 

Design da Capa: Alvares Design 

Distribuição: Symphonic

Siga GZLZ:

https://www.instagram.com/lab.gonzalez

https://www.gzlz.com.br/

Compartilhe este artigo
Segue:
Editora e criadora da Rede Brasileira de Notícias. Fazendo também parte da redação do Imprensabr. Sempre com comprometimento com a imparcialidade na informação.
Deixe um comentário