Home Office x Presencial: qual a melhor forma para empresas e funcionários?

A consultora de negócios Carine Oliveira explica que a escolha entre o trabalho remoto e o presencial pode variar de acordo com o ramo de atuação, as particularidades das funções desempenhadas e as preferências pessoais de cada indivíduo

Em um mundo pós-pandêmico, a discussão sobre o modelo de trabalho ideal ganha cada vez mais relevância. Enquanto muitos profissionais retomaram imediatamente suas atividades presenciais, outros encontraram no home office e no modelo híbrido formatos mais sustentáveis e produtivos de trabalho. A questão central que se apresenta é: qual modalidade é mais vantajosa?

- Publicidade -

A consultora de negócios e especialista em planejamento e estruturação do desenvolvimento empresarial, nas áreas comercial e financeira, Carine Oliveira, explica que a decisão entre o trabalho presencial e o home office pode depender do setor, das características específicas do trabalho e das preferências individuais. “Algumas funções exigem a presença física para colaboração intensa e dinâmica, enquanto outras podem colher benefícios significativos da autonomia e eficiência oferecidas pelo trabalho remoto”.

Carine também diz que algumas empresas adotam modelos híbridos, combinando o melhor dos dois mundos, em acordos que sejam interessantes para ambas as partes. “Essa abordagem visa oferecer flexibilidade aos funcionários. Isso permite que escolham a modalidade que melhor se adapte às suas necessidades e às demandas específicas de suas atividades”.

Além de ser uma boa opção para alternar entre o trabalho presencial e remoto, o modelo híbrido se destaca ao deixar as empresas e os funcionários prontos para lidar com surpresas. “A habilidade de se adaptar a situações inesperadas é uma das grandes vantagens desse jeito de trabalhar, mostrando como ele é relevante em um mundo de negócios sempre em transformação”.

E vale ressaltar que seja no presencial, no home office ou até mesmo de forma híbrida os gestores desempenham um papel vital ao proporcionar suporte, orientação e coordenação. “Sua capacidade de adaptação, empatia e habilidades de gestão são elementos essenciais para orientar as equipes de maneira eficaz, independentemente do ambiente de trabalho escolhido”, ressalta a especialista.

Sobre Carine Oliveira (@carineoliveiraconsultoria):
Carine Oliveira é consultora de negócios e especialista em planejamento e estruturação do desenvolvimento empresarial, nas áreas comercial e financeira. Ela é referência em diagnosticar processos comportamentais na gestão que impedem o desenvolvimento do negócio, gerando soluções pontuais de forma estratégica, de acordo com as necessidades de cada empresa e das pessoas que estão inseridas no processo. Mais informações: www.instagram.com/carineoliveiraconsultoria/

- Publicidade -
Compartilhe este artigo
Segue:
Editora e criadora da Rede Brasileira de Notícias. Fazendo também parte da redação do Imprensabr. Sempre com comprometimento com a imparcialidade na informação.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *