Instituto Gingas faz evento sobre Dia Mundial da Síndrome de Down na Reitoria da UFF

O Instituto Gingas e o projeto Din Down Down: Construindo Laços com a Família comemoram no dia 21/03, o Dia Mundial da Síndrome de Down, no Centro de Artes da UFF, em Icaraí. O evento marca a data, celebrada em todo o mundo, na própria quinta-feira. A entrada é gratuita e acontecerá das 13h às 16h30min.

O Dia Mundial da Síndrome de Down é comemorado anualmente no dia 21/03 e a ideia de montar uma programação exclusiva para a data, visa falar da inclusão e acessibilidade através da educação, cultura e esporte.

- Publicidade -

“Escolhemos essa data, juntamente com nossos parceiros, para relembrar que muito ainda precisa ser feito pela acessibilidade. Mas é necessário celebrar a vida, a cultura e a alegria. Somos uma sociedade repleta de diversidade, em todos os sentidos, e devemos sempre falar de inclusão em todas as esferas. E fazer isso em um espaço como a UFF é motivo de sobra para comemorar”, comentou Mestre Bujão.

A tarde será recheada de atividades gratuitas com bate papo, cinema, roda de capoeira e muito mais. As atividades começam às 13h com recepção do público. Às 14h será exibido o filme “Bizarros peixes das fossas abissais”, com sessão fechada para o evento. A animação brasileira dirigida pelo talentoso Marcelo Fabri Marão, conta a história de uma mulher com esdrúxulos superpoderes, uma tartaruga com transtorno obsessivo-compulsivo e uma nuvem com incontinência pluviométrica em uma jornada ao fundo do mar.

Às 15h30min está marcada uma Reunião de Formação, uma roda de conversa onde serão debatidos temas como cidadania e direitos. No bate papo teremos espaços para trocas e escutas sobre temas da inclusão e acessibilidade, em um momento de aprendizado através dos relatos de experiências. O fundador do instituto e o presidente, Mestre Bujão e Breno Platais respectivamente, vão participar da mesa redonda, junto com a atriz Isabel Santana, conhecida como Bebel, que falará sobre a importância da mulher na sociedade, e os pais da pequena Pietra, influencer e moradora de Niterói; ambas portadoras da Síndrome de Down.

Já às 16h30min terá uma Roda de Capoeira de Integração com os alunos do projeto Din Down Down: Construindo Laços com a Família e presença das quatro turmas das escolas municipais de Niterói assistidas pelo projeto. Os alunos das escolas: Portugal Neves (Piratininga), Santos Dumont (Bairro de Fátima), Alberto Torres (Centro) e André Trouche (Barreto), vão se integrar com a turma da Apae Niterói em uma grande roda de capoeira, assim encerrando as atividades.

O presidente do Gingas, Breno Platais, reforçou que a união para esse evento é algo que vai muito além do território da cidade. “Estamos nos unindo a esse movimento mundial que tem uma grande celebração na assembléia das Nações Unidas. Queremos reforçar a luta internacional para derrubar os estereótipos e a neurodiversidade é uma marca da nossa atuação”, detalhou.

- Publicidade -

O Instituto Gingas é uma organização da sociedade civil que promove ações em prol da inclusão e acessibilidade através da capoeira, cultura e educação, fundada em 2003 por David Bassous (Mestre Bujão). O projeto Din Down Down: Construindo Laços com a Família conta com o patrocínio da Enel Distribuição Rio, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SECEC/RJ), por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e apoio da APAE/Niterói e Secretarias Municipais de Educação de Niterói, Saquarema e Cachoeiras de Macacu.

O Centro de Artes da UFF fica na Rua Miguel de Frias, 9 em Icaraí.

Compartilhe este artigo