Laiô: Cantora do litoral sul da Bahia traz frescor e ancestralidade em shows na capital

Artista integra show “Royal Flush” dia 25/11 na Sala do Coro do TCA e se apresenta no Novembro Negro das Artes Negras dia 29/11

Diretamente de Ilhéus (BA), a cantora e compositora Laiô (@colanapreta), traz em sua arte a fusão de ritmos latinos e brasileiros ecoando tambores e ancestralidade em suas composições e se apresentará na capital baiana entre os dias 25 e 29 de novembro. Suas metáforas de rio e mar marcam a força e o frescor de seu território. Sua sonoridade passeia pelas texturas orgânicas e eletrônicas trazendo para o centro de sua obra o que chamamos, nas perspectivas afrodiaspóricas, de música afro-baiana.

No dia 25 de novembro Laiô apresenta o show “Royal Flush” na Sala do Coro do TCA, junto com Igor Gnomo, João Merín e Fatel. Uma apresentação inédita e imperdível explorando as conexões entre esses artistas em mais uma edição do Sons Daqui, projeto itinerante que promove a produção musical e o mercado cultural baiano, estabelecendo conexões musicais entre artistas, músicos, agentes e produtores culturais.

No Poker, O “Royal Flush” é uma mão imbatível. É a sequência de cartas mais forte composta pelo Ás de cada naipe, junto com o Rei e a Dama da mesma série. Assim como no jogo, a mais cobiçada de todas as combinações de mãos de poker e a mais rara, será a experiência deste show, que garante um encontro potente entre arte, diversidade e música.

No dia 29 de Novembro, o show “Arrudeio” da cantora e compositora Laiô, chega a Salvador no Solar das Rosas (Sede da FUNCEB), através do Novembro das Artes Negras, uma convocatória da Fundação Cultural do Estado da Bahia, que tem por objetivo, fortalecer a identidade e o orgulho da comunidade negra, valorizando suas expressões artísticas e culturais, Além de incentivar a criação e o reconhecimento de novos talentos.

Cantando tudo que lhe atravessa enquanto corpo preto, lésbico e do interior da Bahia, Laiô faz do seu show uma experiência sensorial para além das palavras. Seus vocais e grunhidos, ora comunicam a voz da alma que com sensibilidade transitam entre a introspecção e a sensualidade, ora, despertam acolhida no público como quem pede um abraço com seus relatos de dor, numa apresentação de aproximadamente 1 hora, na montagem de DJSet, Percussões e voz.

“O interior fervilha arte, música e pode tanto quanto qualquer outro lugar. Ver meu som chegando por aqui, rompendo e ocupando espaços de grande relevância, como a da Sala do Coro do TCA, e estar também inserida na programação do Novembro das Artes Negras, me faz compreender que estou fluíndo com a força da minha comunidade, dando voz aos meus, sendo ponte para essas narrativas. Eu sou bem bairrista e me orgulho disso. Então, estou feliz em dividir com o público o meu cantar que nunca é só”. Resume a artista.


SERVIÇO
25 de novembro (sábado) | 20h
Royal Flush: Conexões Musicais que ecoam a alma da Bahia
Sala do Coro do TCA
Participações: Laiô, Igor Gnomo, João Merín e Fatel.
Ingressos: R$ 50 (inteira) R$ 25 (meia)
Vendas: Sympla

29 de novembro (Quarta) | 20h
Show Arrudeio com Laiô – 6ª edição Novembro das Artes Negras
Solar das Rosas – sede da Funceb (Rua Baronesa de Sauípe, 382, Campo Grande)
Gratuito e Aberto ao público
Informações: funceb.ba.gov.br

Acompanhe a artista:
Instagram: @colanapreta
Spotify: Laiô
Youtube: /@laiosoueu

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário