Maior complexo empresarial do centro expandido de São Paulo, E-business Park terá 100% de energia limpa em 2024

Complexo com 30 empresas nacionais e multinacionais fechou contrato com a EDP para o fornecimento de energia renovável

O E-business Park, localizado no bairro da Lapa, em São Paulo, terá 100% de energia elétrica limpa a partir de 2024 para abastecer os escritórios das 30 empresas, nacionais e internacionais, instaladas no complexo. O contrato para fornecimento de 9.855,64 MWh por ano, até 2026, provenientes de fontes renováveis, por meio do mercado livre de energia, foi fechado com a EDP, empresa que atua em todas as áreas de negócios do setor elétrico brasileiro.

A iniciativa reforça o compromisso do E-business Park com questões ligadas ao ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança), tema presente desde a concepção do E-business Park, em 2004. Em relação à energia elétrica consumida no complexo, o volume é capaz de alimentar aproximadamente 5.400 residências por mês. Além da economia e da preservação de recursos naturais, a iniciativa é um dos compromissos para que o empreendimento atinja o objetivo de zerar as emissões de carbono até 2030.

- Publicidade -

“O mercado de energia no Brasil está em constante expansão e, mais do que nunca, é preciso investir em fontes totalmente limpas e sustentáveis. Em 2020 migramos para o mercado livre de energia elétrica e os resultados de economia foram impressionantes, chegando a 14,5% em 2020,  22% em 2021 e 18%  em 2022. Recentemente, desenvolvemos um projeto de parque solar que deverá ser um dos maiores de São Paulo e reforça nossa meta de ser um ambiente que une a inovação e o compromisso com a sustentabilidade”, afirma Sidney Angulo, diretor do empreendimento.

“Estamos comprometidos com a transição energética e isso inclui oferecer energia renovável por meio de diversos serviços e modalidades para que empresas de diferentes segmentos tornem seus negócios e operações mais sustentáveis. E a parceria com o E-business Park, onde, inclusive, está localizada a sede da EDP em São Paulo, vai ao encontro disso”, comenta Carlos Andrade, vice-presidente de Clientes e Inovação da EDP Brasil.

Novo parque solar no complexo comercial

A partir de 2026, o montante de energia a ser contratada será reduzido, tendo em vista o avanço da instalação de um parque solar no complexo, que será um dos maiores da cidade de São Paulo. O E-business Park irá investir R$ 25 milhões até 2030 para instalar 30.000 m² de painéis solares nos telhados para produzir energia a ser usada no próprio empreendimento.

Sobre o E-business Park

- Publicidade -

Localizado no bairro da Lapa, zona oeste da cidade de São Paulo, o E-business Park vem se transformando desde 2004 e é considerado o melhor e mais completo complexo empresarial no centro expandido, dentro das marginais. Possui 160 mil metros quadrados de área em condomínio fechado, bosque e áreas verdes com mais de 2.000 árvores catalogadas, além de local de eventos e convenções. Conta com infraestrutura interna completa de segurança e serviços com praça de alimentação, com mais de 10 opções de restaurantes, agência bancária, supermercado, farmácia e portaria 24h.

Sobre a EDP no Brasil

O Grupo EDP atua em quatro hubs estratégicos – Europa, Latam, North America e APAC – e está presente no Brasil há mais de 27 anos. Suas empresas, EDP Brasil e EDP Renováveis Brasil, possuem R$ 41 bilhões em ativos no país, caracterizando essa como a segunda maior operação do Grupo. A empresa conta com mais de 12 mil colaboradores diretos e terceirizados no Brasil e atua nos segmentos de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia, além de desenvolvimento, construção e manutenção de ativos eólicos, solares e hidrogênio verde. A EDP oferece ainda soluções de energia voltadas ao mercado B2B, como geração solar distribuída, mobilidade elétrica e venda de energia no mercado livre. Em Distribuição atende cerca de 3,8 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Em 2023, foi eleita pelo quarto ano consecutivo a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em ESG, ocupando, em 2021 e 2022, o primeiro lugar do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3, no qual permaneceu por 17 anos.

Compartilhe este artigo
Segue:
Autora na Gazeta24h e agora na ImprensaBr, sempre com comprometimento com a imparcialidade na informação.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *