Português Da Costa vence segundo E-Prix de Berlim da Fórmula E

A segunda corrida do E-Prix de Berlim da Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E, neste domingo (12), teve uma dinâmica diferente do que foi visto no sábado (11), no mesmo Tempelhof Airport Street Circuit.

O português António Félix da Costa (TAG Heuer Porsche)  acertou na estratégia e surpreendeu os favoritos. Depois de um começo mais conservador, o campeão da sexta temporada assumiu a ponta na volta 19 para garantir a primeira vitória da temporada.

- Publicidade -

Félix Da Costa contou com a “ajuda” do inglês Oliver Rowland (Nissan), que chegou a ficar na vice-liderança, segurando os carros da Jaguar TCS Racing. Terceiro colocado no final, Rowland foi ultrapassado já nas últimas voltas por Nick Cassidy (Jaguar TCS Racing), vencedor da prova de sábado, que terminou em segundo lugar. O neozelandês segue na liderança isolada da Formula E, após o desempenho quase perfeito em Berlim.

A corrida deste domingo (12) teve disputas mais agressivas e entradas do safety car. O britânico Jake Dennis (Andretti) começou na pole position. Disposto a retomar a liderança do campeonato, o alemão Pascal Wehrlein (TAG Heuer Porsche) avançou sobre os líderes logo na primeira volta e assumiu o segundo lugar, chegando à liderança na volta 15.

Já a partir da volta 30, a briga pela ponta ficou mais equilibrada, com as equipes Porsche, Jaguar e Nissan e Andretti se alternando, até o português Da Costa dominar e consolidar sua posição no primeiro lugar.

O vencedor da prova destacou o trabalho duro da equipe para resolver problemas do carro e superar as dificuldades do início da temporada. ”Estamos trabalhando para diminuir a vantagem para os líderes da competição. Desta vez acertamos em tudo, e estou muito feliz de ganhar para a Porsche”, celebrou Da Costa.

O português havia vencido o E-Prix de Misano, em abril, mas sofreu uma punição e foi desclassificado pela Federação Internacional de Automobilismo, a FIA.

- Publicidade -

Os brasileiros mais uma vez não pontuaram. Lucas Di Grassi (ABT Cupra), chegou a assumir o sétimo lugar, mas perdeu força e terminou em 11º lugar, fora da zona de pontuação. Já Sérgio Sette Câmara (ERT) encerrou a prova na 13ª posição.

Foi a 126ª corrida da Fórmula E e a décima segunda em Berlim na história da categoria. A próxima etapa será em Xangai, também com rodada dupla, nos dias 24 e 25 de maio.

Leia mais aqui — https://www.fiaformulae.com/en/news/496462

Classificação do Mundial de Pilotos (completo aqui)

1º – Nick Cassidy (Jaguar TCS Racing) – 140 pontos

- Publicidade -

2º – Pascal Wehrlein (TAG Heuer Porsche) –  124 pontos

3º – Oliver Rowland (Nissan) – 118 pontos

4º – Jake Dennis (Andretti) – 102 pontos

5º – Mitch Evans (Jaguar TCS Racing) – 97 pontos

18º – Sérgio Sette Câmara (ERT Fórmula E) – 11 pontos

23º – Lucas di Grassi (ABT Cupra)- 1 ponto

Classificação do Mundial de Equipes (completo aqui)

1º – Jaguar TCS Racing – 237 pontos

2º – TAG Heuer Porsche – 183 pontos

3º – Nissan – 144 pontos

4º – DS Penske – 127 pontos

5º – Andretti – 123 pontos

9º – ERT FORMULA E TEAM – 23 pontos

10º – ABT CUPRA – 19 pontos

Compartilhe este artigo
Katarine Monteiro é jornalista especializada em esportes olímpicos e em saúde. Com cobertura de grandes eventos internacionais, como Jogos Pan-Americanos em Lima 2019, Qatar Total Open 2020, Qatar ExxonMobil Open 2019 - tênis em Doha (QT), Semana de Vela de Ilhabela, Transat Jacques Vabre 2019 (França-Brasil), L'Étape Brasil by Tour de France, também já fez coberturas de natação, maratona aquática, vôlei, polo aquático, Fórmula E, vela, skate e boxe, além de eventos esportivos como assessora de imprensa, relações públicas e social media.