Rio Memórias e Museu Histórico da Cidade inauguram exposição sobre o golpe civil-militar de 1964

Mostra gratuita “Rio 64 – a capital do golpe” ficará em cartaz de 13 de julho a 13 de outubro

 

O museu virtual Rio Memórias inaugura a exposição “Rio 64 – a capital do golpe” no dia 13 de julho às 14h, em parceria com o Museu Histórico da Cidade (MHC). Instalada no espaço “Casarão”, ao lado do prédio principal do MHC, a mostra relembra os principais acontecimentos que culminaram no golpe civil-militar na madrugada do dia 01 de abril de 1964, explorando os contextos político, cultural e intelectual da época.

 

O evento de inauguração faz parte do calendário de celebrações dos 90 anos do MHC, uma importante instituição museal voltada para a preservação da memória e divulgação da história da cidade – objetivo em comum com o Rio Memórias.

 

A curadoria da exposição é assinada por Heloisa Starling, escritora, historiadora, professora titular da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e coordenadora do Projeto República; e Danilo Marques, doutor em história pela UFMG e pesquisador do Projeto República. Trata-se de uma versão ampliada da exposição que ficou em cartaz na sede da ABI (no centro) entre os dias 13 de março e 13 de abril de 2024, baseada na exposição virtual de mesmo nome, disponível no site do Rio Memórias (www.riomemorias.com.br).

 

A mostra ficará em cartaz de 13 de julho a 13 de outubro de 2024, com visitação de terça a domingo, das 10h às 16h. A entrada é gratuita e há possibilidade de agendar visitas mediadas pelo e-mail mhc.educativo.culturario@gmail.com.

 

Sobre o Rio Memórias

 

O Rio Memórias é um museu virtual fundado em 2019, e tem como missão registrar, valorizar e divulgar a história e a diversidade cultural do Rio de Janeiro. Além do museu virtual, a instituição promove exposições físicas e atividades educativas em escolas públicas. Desde 2021, também produz o Podcast Rio Memórias, que já tem 4 temporadas no ar. As galerias do museu virtual são temáticas e contam a história da cidade sem seguir uma ordem cronológica, favorecendo a construção de roteiros próprios pelos visitantes.

 

O Rio Memórias é patrocinado pela Norsul, Kasznar Leonardos, Impulso e Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo à Cultura; e pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Banco BTG Pactual e Adam Capital através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS.

 

Sobre o MHC

 

O MHC (Museu Histórico da Cidade) é um museu público que integra a rede de museus da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, ao lado do Museu de Arte do Rio- MAR, do Museu do Amanhã, do Muhcab – Museu da Cultura e da História Afro-Brasileira e do Ecomuseu de Santa Cruz.

 

Serviço:

 

Inauguração

Data: 13 de julho de 2024, às 14h

Local: Museu Histórico da Cidade (MHC) – Estrada Santa Marinha (Parque da

Cidade – Gávea)

Entrada: gratuita

Obs.: Na data da inauguração (13/07), será disponibilizada uma van partindo da Praça Antero de Quental, no Leblon, nos seguintes horários: 12h30, 13h10 e 13h50. O valor do transporte é de R$ 5,00 e pode ser reservado pelo Sympla: https://www.sympla.com.br/evento/transporte-para-inauguracao-da-exposicao-rio-64-a-capital-do-golpe-no-mhc/2523623

 

Exposição

Temporada: de 13 de julho a 13 de outubro de 2024

Visitação: de terça a domingo, das 10h às 16h.

Entrada: gratuita

 

 

 

Compartilhe este artigo
Segue:
Carlos Pinho é jornalista com mais de uma década de atuação abordando diversos temas, de cultura a economia. É diretor do Sindicato Nacional dos Compositores Musicais e ocupa cargos em diversos projetos de impacto social pelo país, como o Instituto LAR e a Tropa da Solidariedade.