RioMar Recife recebe máquina do Projeto Vale Luz, que dá desconto na conta de energia através da reciclagem

Os frequentadores do RioMar Recife agora podem contribuir com o meio ambiente e ainda receber descontos na conta de energia elétrica. A Neoenergia instalou uma máquina do Projeto Vale Luz no Piso Térreo do empreendimento, próximo dos Correios, com a finalidade de recolher latinhas de alumínio, garrafas PET e caixas tetrapack para reciclagem. A cada material colocado na Retorna Machine, os clientes da distribuidora de energia recebem um valor de crédito na fatura. O Vale Luz faz parte do programa de Eficiência Energética da concessionária, regulado pela Aneel.

Com foco na inovação e autonomia do cliente, o novo equipamento conta com tecnologia de “touch screen”, que explica, na própria tela, como realizar a troca dos materiais e receber seus benefícios. “Nós estamos proporcionando maior comodidade aos clientes que queiram participar do Projeto Vale Luz. Além de mais opções de acesso, há também a facilidade de fazer todo o processo automaticamente e de fácil entendimento”, destacou o supervisor de Eficiência Energética da Neoenergia Pernambuco, Artur Costa.

- Publicidade -

As máquinas coletoras de latinha de alumínio, caixas longa vida e garrafas PET são o ponto de partida para o Programa Triciclo de Benefícios, que garante ao cliente, a cada descarte, os tricoins – pontuação que será revertida em créditos na conta de energia ou doação a instituições beneficentes cadastradas no programa. Todo o material descartado deve estar higienizado e constar o código de barras legível. É por meio da leitura desse código que a máquina identifica o material e contabiliza os pontos ao usuário.

“Trata-se de um serviço ambiental em que todos são contemplados, mostrando o quanto a ação da reciclagem consegue alcançar e beneficiar diversas pessoas e locais”, ressaltou Jussara de Paula, coordenadora de Sustentabilidade do RioMar Recife.

Como funciona
Ao depositar 10 latas de alumínio ou 15 garrafas PET, por exemplo, em qualquer uma das máquinas, o consumidor receberá a pontuação de 150 tricoins, que equivale a R$ 1,00, creditado na conta de luz ou doado para as Instituições/ONGs cadastradas.

Para participar, cada usuário deverá criar uma conta Triciclo, que poderá ser gerada através do site cliente.triciclo.eco.br ou pelo aplicativo Triciclo (disponível para IOS e Android nas lojas App Store e Google Play). O cliente poderá descartar até 25 embalagens por dia para converter as tricoins em desconto na conta de energia. Se houver um descarte superior a este número, o material será recolhido e reciclado, mas não contabilizará na pontuação de tricoins.

Durante os primeiros 30 dias de funcionamento da máquina do Vale Luz no RioMar Recife, o projeto contará com a divulgação e apoio de jovens do Instituto JCPM. Oriundos do entorno do empreendimento, foram contratados especialmente para participar da ação. Com formação voltada para a Sustentabilidade, a equipe irá prestar orientações sobre o descarte correto e responsável dos resíduos, bem como orientar os clientes no conhecimento do projeto e uso do equipamento. Neste período, clientes que baixarem o aplicativo da Triciclo, fizerem o cadastro e concluírem com o depósito de pelo menos um resíduo, vão ganhar um brinde. Eles poderão escolher entre uma sacola retornável ou um copo, ação válida para o primeiro acesso ao maquinário do Vale Luz.

- Publicidade -

Sobre o Vale Luz
O Projeto Vale Luz da Neoenergia Pernambuco tem alcançado números históricos em 2023. Apenas neste ano, já foram recolhidas 805 toneladas de materiais recicláveis em troca de R$ 489.739,35 em desconto nas faturas. Além das 10 máquinas retorna machine espalhadas em vários locais da cidade, a iniciativa ainda conta com quatro pontos fixos de recolhimento e outros 26 itinerantes pela Região Metropolitana do Recife.

Nesses pontos, além de latinha de alumínio, PET e tetrapak, os clientes ainda podem entregar outros tipos de materiais. Confira a lista abaixo:

  • Papel e papelão: jornais, revistas, cadernos e caixas.
  • Plásticos: PET, catemba e sacolas
  • Metal: latas de alumínio (refrigerante, cerveja, suco), latas de aço, latas de produtos alimentícios (leite em pó e conservas), aerossol desodorante, alumínio grosso
  • Ferro
  • Vidro: embalagens de vidro, garrafas etc.
  • Óleo vegetal: Óleo de soja, canola, girassol, gergelim, amendoim, milho, coco, algodão e mamona (todos precisam estar frios)
  • Eletrônicos: CPU com placa mãe, televisores, monitores, celulares, impressoras e copiadora
Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *