Santander oferece curso gratuito de educação financeira para empreendedores em João Pessoa

Encontro será organizado pela equipe do Prospera, programa de microcrédito do Santander Brasil, e ocorrerá na próxima semana, no dias 9 e 11, das 9h às 11h, no Shopping Sebrae, no Bairro dos Estados

As vagas são limitadas, e as inscrições podem ser feitas no link https://forms.office.com/e/XTkPSmA7eL.

PARAÍBA – O Santander Brasil, através da equipe do Prospera, seu programa de microcrédito, vai realizar um curso gratuito de educação financeira para empreendedores em João Pessoa, na próxima segunda (dia 9) e quarta-feira (11). O objetivo é aproveitar estes primeiros dias de janeiro, época tradicionalmente usada para planejar o resto do ano, para ajudar os clientes a aprimorar a saúde financeira, abordando temas como fluxo de caixa, reserva para emergências, precificação de produtos e uso correto de crédito.

Esse encontro para desenvolver as metas e caminhos para a construção de um planejamento eficiente em 2024 ocorrerá no 1º andar (sala 4) do Shopping Sebrae, na Rua Joaquim Pires Ferreira, no Bairro dos Estados. Haverá duas turmas, a primeira no dia 9, das 9h às 11h, e a outra no dia 11, no mesmo horário.

É necessário que o empreendedor (formal ou informal) seja maior de 18 anos e resida na capital paraibana. As vagas são limitadas de acordo com a ordem de inscrição, que devem ser efetuadas através do link https://forms.office.com/e/XTkPSmA7eL

PROSPERA
O Prospera faz parte da estratégia do Santander de bancarização e inclusão financeira com foco principal no microempreendedor informal. Atualmente, são mais de um milhão de clientes ativos, a maioria deles do público feminino.

O programa não possui uma agência física específica, e o cliente agenda a visita de um especialista pelo site do Banco, que vai até o empreendimento do cliente e analisa a necessidade de crédito. O programa oferece as modalidades de crédito individual ou pelo aval solidário – no qual os tomadores de recursos são reunidos em grupos de até quatro empreendedores, que se tornam responsáveis pela adimplência de cada um –, o programa de microfinanças apresenta uma taxa de adimplência de 92%.

Compartilhe este artigo
Segue:
Autora na Gazeta24h e agora na ImprensaBr, sempre com comprometimento com a imparcialidade na informação.
Deixe um comentário