Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba é a nova região para coleta de dados do Indicador de Preços da Tilápia, da Peixe BR

O Indicador de Preços da Tilápia, iniciativa da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR) e realização do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq/USP), inclui, a partir de janeiro de 2024, a região do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, em Minas Gerais.

Com mais esta localidade, agora são cinco as localidades de coleta semanal de preços de tilápia: região dos Lagos, que engloba São Paulo e Mato Grosso do Sul; norte e oeste do Paraná; Morada Nova de Minas e Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, em Minas Gerais.

- Publicidade -

A inclusão do indicador no Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba conta com patrocínio da Sicoob Aracoop, que também renovou o contrato para coleta de dados em Morada Nova de Minas.

O Indicador de Preços da Tilápia, criado em 2021, considera a média ponderada dos preços de comercialização de tilápia na região-alvo, favorecendo o desenvolvimento da cadeia produtiva e possibilitando inclusive operações de crédito ao produtor rural (CPR), que utilizam o indicador como balizador de mercado.

O acordo foi assinado por Francisco Medeiros, presidente da Peixe BR, e pelo presidente do Conselho de Administração do Sicoob Aracoop, Ramiro Ávila.

Compartilhe este artigo
Segue:
Autora na Gazeta24h e agora na ImprensaBr, sempre com comprometimento com a imparcialidade na informação.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *