UMA UTOPIA CUBANA: Documentário expõe o bloqueio dos EUA a Cuba, em narrativa pessoal e emocionante

Um maestro brasileiro vai a Cuba, para um Concerto em comemoração a seus 50 anos como pianista.

Essa é apenas a premissa do documentário “Sin embargo, uma utopia”: acompanhando as andanças do maestro Kleber Mazziero por terras cubanas, a partir do encontro de um artista brasileiro com artistas cubanos, da arte brasileira com a arte cubana, o espectador observa a realidade dura vivida por seus habitantes: grandes filas para comprar bens mínimos, poucos produtos à disposição, pouco dinheiro para a população; por outro lado, um país que coloca a cultura e a educação como pilares na formação de cada indivíduo e que proporciona ensino de qualidade e saúde de modo igual a cada cidadão.

- Publicidade -

Kleber Mazziero, além de maestro, é filósofo, diretor teatral, cineasta, autor de livros de vários gêneros. Mazziero é conhecido como “el genio brasileño”: um artista múltiplo.

A diretora do documentário, Fabiana Parra, consegue valorizar essa característica de Mazziero e acompanha o contato e a formação de vínculos do maestro com as personagens cubanas com quem se encontra: os pianistas que interpretam suas sonatas no Museu de Belas Artes, a mãe de um dos pianistas, um bailarino, uma educadora, uma musicóloga, um cantor de salsa, uma pianista popular. O afeto e a proximidade determinam o tom do documentário, a partir do olhar da diretora, que dá rosto para o anônimo sofrimento de um povo: Cuba não é apenas “um país comunista”. É um país com pessoas reais, amáveis, com talentos os mais vários, afetos e também com necessidades. Em determinado momento do filme, Mazziero vem às lágrimas, com a frase: “Não se mata um país de fome; não se mata”. Essa emoção perpassa o filme do início ao fim, em forma de denúncia e de conversas afetuosas.

Em uma época em que se demoniza Cuba (o documentário lembra ao espectador que, sob o governo Trump, Cuba foi incluída na lista de “Países patrocinadores do terrorismo”), “Sin Embargo, uma utopia” promove um abraço entre Brasil e Cuba, e desde o título já aponta que os dois países são mais próximos do que se supõe, e que, sem o Embargo imposto pelos Estados Unidos, Cuba segue sendo uma utopia.

Sin Embargo, uma utopia (90 minutos)
Estreia em Havana, na Feira do Livro.
O filme ficará em cartaz de 15 a 25 de fevereiro, em Havana.

Teaser: https://www.youtube.com/watch?v=PWejANCUV64

- Publicidade -
Compartilhe este artigo
Segue:
Editora e criadora da Rede Brasileira de Notícias. Fazendo também parte da redação do Imprensabr. Sempre com comprometimento com a imparcialidade na informação.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *