Apenas metade dos diretores de escola recebem formação antes de assumir o cargo

Pesquisa realizada com diretores de escolas públicas aponta que 44% deles se sentem parcialmente capacitados e 28% alegam que a graduação e a pós não contribuíram nesse sentido

A pesquisa de opinião com diretores escolares de escolas públicas mostra que 27% dos diretores escolares consideram que sua formação acadêmica na graduação ou pós-graduação os deixou totalmente preparados para os desafios da gestão escolar. O estudo, realizado pelo Itaú Social e Todos Pela Educação, ouviu 162 mil gestores de todo o país, sendo 76,6% atuantes na rede pública e 23,4% na rede privada.

- Publicidade -

Segundo o levantamento, 44% dos entrevistados se sentem parcialmente habilitados e 28% alegam que a graduação e a pós não contribuíram nesse sentido. “A conclusão de sua graduação ou pós na universidade deve ser encarada como o início de um longo processo do desenvolvimento profissional do diretor. Nesse sentido, é fundamental que as redes de ensino municipais e estaduais invistam no acolhimento dos novos gestores escolares, oferecendo apoio, acompanhamento e, sobretudo, formações continuadas”, diz a gerente de Implementação do Itaú Social, Cláudia Sintoni.

A pesquisa também revela que pouco mais da metade dos entrevistados (52%) afirmam ter recebido alguma formação oferecida pela Secretaria de Educação local antes de assumir a direção escolar. Em relação à oferta de formações ou cursos ao longo da carreira (formação continuada), 55% dos diretores responderam que suas Secretarias de Educação proporcionam sempre ou muitas vezes essas oportunidades. Já 35% dizem que a oferta ocorre “às vezes” e 9% dizem que raramente essa prática acontece.
As ações de acompanhamento das Secretarias de Educação ao longo da carreira do diretor são vistas como positivas pela grande maioria dos entrevistados (93%). Além disso, 80% estão total ou parcialmente satisfeitos com as formações oferecidas pela pasta.

O Censo Escolar de 2022 mostrou que apenas 19,3% dos diretores têm curso de formação continuada focada em gestão, com carga mínima de 80 horas. Além das oportunidades oferecidas pelas Secretarias de Educação, plataformas como o Polo, ambiente de formação do Itaú Social, disponibilizam cursos para contribuir com o trabalho dos diretores. O percurso formativo “Gestão Escolar”, por exemplo, oferece nove cursos gratuitos e certificados.

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *