Klavi se conecta com app de delivery Rappi, em mais uma iniciativa de atuação em inteligência de dados de Gig Economy

Por meio da solução klavi Ki, o cliente terá uma visão mais completa e receberá informações como ganho mensal e volume de transações do entregador, de forma segura e rápida.

A klavi — startup de soluções de inteligência de dados, analytics e Open Finance — está ampliando sua atuação em soluções que utilizam dados de Gig Economy ao anunciar sua conexão com o app de delivery Rappi. O objetivo é facilitar a visualização dos dados financeiros do trabalho dos entregadores do aplicativo. Dessa forma, clientes da klavi receberão as informações dos trabalhadores poderão oferecer a eles produtos e serviços mais adequados. 

A operação funcionará dentro da solução klavi Ki que trabalha de forma plug and play – isto é, solução pronta –, assim, uma vez que o entregador aceite compartilhar dados contidos em sua conta do app Rappi, a o cliente da klavi receberá de forma segura e rápida as informações financeiras como ganho mensal e volume de transações. 

De acordo com Bruno Chan, CEO da klavi, essa conexão possibilitará que os entregadores tenham acesso a soluções financeiras às quais não podiam anteriormente, uma vez que não podiam comprovar renda. “O entregador poderá ganhar também benefícios para contratar o serviço desta instituição, compartilhando as suas informações financeiras. Com isso, o maior impacto será com a cobertura dos entregadores Rappi que, em geral, são jovens recém-integrados ao mercado de trabalho e que os clientes da klavi terão mais insumos para oferecer produtos e serviços personalizados”, pontua o executivo.

Desde agosto, a klavi já atua de maneira similar com o iFood, operando, dessa forma, com os maiores aplicativos de entrega que atuam no Brasil. A klavi capacita empresas a tomarem melhores decisões por meio de soluções de inteligência de dados a partir de informações coletadas por meio do Open Finance, como agregação de dados, analytics e mais serviços via API. Isso possibilita que as instituições conheçam melhor seus clientes e consigam criar mais oportunidades de inovações em produtos e serviços. A fintech é pioneira em geração de insights, a partir de dados de Open Finance no Brasil, oferecendo soluções para qualquer tamanho de negócio. Entre os clientes, estão banco BV, Vivo, Bom Pra Crédito, Qista, Nuclea (antiga CIP), Jeitto, Supersim, Simplic e Zippi.

A empresa foi uma das escolhidas no 100 Startups to Watch 2022 — projeto desenvolvido por Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Época NEGÓCIOS, EloGroup e Innovc — e que tem o objetivo de apontar as startups mais promissoras do país. E foi uma das selecionadas para participar do Scale-Up Endeavor 2023, o programa de aceleração da Endeavor.

Compartilhe este artigo
Segue:
Autora na Gazeta24h e agora na ImprensaBr, sempre com comprometimento com a imparcialidade na informação.
Deixe um comentário