Mercado de prestadores de serviços cresce com ameaça à segurança digital e gestão de nuvem

Com expectativa de movimentar mais de US$ 400 bilhões em 2023, setor vive momento de otimismo e expansão dos negócios

Por Rodrigo Gazola*

O mercado de serviços gerenciados de TI (MSPs) tem sido uma das áreas mais promissoras nos últimos anos, e os números não mentem. Segundo um estudo recente realizado pela Canalys, o setor, que cresceu 12,7% em 2022, deve ter um aumento de 16% em 2023, atingindo a impressionante marca de US$ 419 bilhões de receita em todo o mundo. Com esse cenário, as previsões para 2024 são ainda mais otimistas.

Mas, afinal, o que tem impulsionado toda essa movimentação? De acordo com o levantamento, o crescimento é fortalecido pela capacidade única desses prestadores em expandir seus portfólios de serviços, adicionando novas ofertas sem substituir as existentes, ao contrário de outros setores, o que, consequentemente, contribui para a ampliação expressiva do faturamento.

Os MSPs atendem principalmente às pequenas e médias empresas (PMEs), e esse recorte é fundamental para compreender o cenário de desafios e oportunidades. A pesquisa mostrou três pilares estratégicos de negócios para os profissionais: infraestrutura/gestão/helpdesk (40%); serviços em nuvem (40%) e segurança (20%). Embora haja uma expectativa em relação ao incremento na área de segurança, por não representar a maior fatia do faturamento, as PMEs investem pouco nisso. Assim, entende-se que o boom financeiro para o mercado deve ficar por conta dos outros setores.

O foco de atuação é um reflexo dos obstáculos enfrentados como aumento da complexidade tecnológica, ataques cibernéticos crescentes, escassez de mão de obra especializada, expansão de dispositivos e usuários, adoção da nuvem e trabalho híbrido, e a crescente necessidade de conformidade. Dessa forma, os MSPs que se especializarem e tiverem condições de oferecer serviços para, pelo menos, um desses itens principais, certamente se posicionarão como parceiros estratégicos das empresas.

Quando voltamos a atenção exclusivamente ao mercado nacional, temos informações que podem direcionar o MSP brasileiro. Nesse sentido, a ADDEE, empresa especialista em soluções de gestão de TI, realiza anualmente a ‘Pesquisa ADDEE – Mercado MSP Brasileiro’. Os resultados levantados em 2023 mostram o amadurecimento do setor e as possibilidades de negócios alinhadas às tendências globais, ao mesmo tempo em que é possível identificar questões preocupantes em muitos cenários, sobretudo, no que diz respeito à segurança da informação.
Em relação à proteção de dados, o panorama atual de organizações que cumprem recomendações de backups periódicos ainda é alarmante. Segundo a Pesquisa ADDEE, apenas 29% dos MSPs brasileiros têm a maioria de seus clientes com serviços de Backup e Proteção de Dados efetivos. Esse número se torna ainda mais preocupante ao observar que quase 50% desses prestadores sequer oferecem o serviço de maneira estruturada.

Com isso, fica evidente a necessidade de investimento dos profissionais para ampliarem a oferta de soluções nessas áreas, bem como a conscientização por parte das empresas sobre a importância de incrementar o aporte para esses serviços. Muito além do que atender a uma demanda do mercado, garantir a integridade de dados estratégicos é imprescindível para a continuidade operacional de qualquer organização.

A perspectiva de crescimento para o próximo ciclo é altamente positiva e animadora. Ainda de acordo com a pesquisa realizada pela ADDEE, mais de 66% das empresas enxergam grandes oportunidades de expansão e planejam aumentar seu faturamento neste ano, e apenas 5,5% preveem algum tipo de retração. A evolução digital tem gerado desafios e benefícios que intensificam a integração de sistemas tecnológicos nas organizações, aumentando a demanda por parceiros de TI com expertise, agilidade e confiabilidade.

O mercado de serviços gerenciados está experimentando um crescimento notável, impulsionado também pela demanda por serviços especializados em cibersegurança, infraestrutura em nuvem e outras tecnologias emergentes. Assim, cada vez mais, os profissionais estão desempenhando um papel fundamental ao ajudar as empresas a resolver desafios de TI, eliminar complexidades e fornecer resultados que impulsionam os negócios.

*Rodrigo Gazola é CEO e fundador da ADDEE, empresa de tecnologia que oferece soluções tecnológicas para a gestão de TI.

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário