Sombrio e Feliz, um ensaio aberto do novo show de Hermelino Neder na Casa Museu Ema Klabin

Compositor que agitou São Paulo com o Movimento Vanguarda Paulista nos anos de 1980 volta à cena artística em show inédito

O compositor e arranjador Hermelino Neder e banda realizam, na Casa Museu Ema Klabin, o primeiro ensaio aberto do novo show, Sombrio e feliz, no próximo dia 17 de março, às 11h, com entrada franca.

No repertório, canções inéditas e sucessos antigos de Hermelino Neder, como Pô, amar é importante, hit dos anos 1980, nas vozes de Arrigo Barnabé e Tetê Espíndola.

- Publicidade -

O ensaio aberto traz a marca distintiva do trabalho de Hermelino com canções existenciais lancinantes, mas bem-humoradas, arranjadas no seu estilo único.

Quando finalizado, o show deverá apresentar também músicas e canções feitas em parceria com Arrigo Barnabé, Augusto de Campos, Carlos Rennó, Luiz Tatit, Luiz Pinheiro e Vanessa Bumagny.

Na Casa Museu Ema Klabin se apresentam Hermelino (voz e violão), Fernando Antão (violão de sete cordas) e Reka Ortega (bateria), com participação especial do cantor Nelson Lago.

Sobre Hermelino Neder
A volta aos palcos acontece depois de uma incursão de trinta anos pela Educação Musical, quando Hermelino consolidou parceria fecunda com o pedagogo Ricardo Breim e atuou em importantes instituições como a Escola Vera Cruz, St. Nicholas School, Beacon School e Espaço Musical Ricardo Breim.

Ao longo de sua carreira como compositor, Hermelino ganhou prêmios por trilhas sonoras nos festivais de cinema de Bogotá, Havana, Gramado e Rio de Janeiro, nos quais concorreu com Ennio Morricone, Astor Piazzolla, Tom Jobim e Caetano Veloso.

- Publicidade -

Ele musicou, entre outros, os filmes de Guilherme de Almeida Prado A Dama do Cine Shanghai, Perfume de Gardênia, A Hora Mágica e Onde Andará Dulce Veiga?.

Nos anos 1980, formou o grupo Hermelino e a Football Music, com o qual lançou o CD Como essa mulher, considerado, hoje, um álbum cult. Em 2009, a São Paulo Cia. de Dança apresentou coreografia sobre sua peça Undiu dois para quinteto de cordas. Em 2013, Arrigo Barnabé estreou, com a banda O neurótico e as histéricas, show com repertório formado exclusivamente com canções de Hermelino.

Em 2014, a canção Impassível, uma parceria com Luiz Tatit, foi gravada no CD De nada mais a algo além, de Arrigo, Tatit e Lívia Nestrovski. Premiado em 2016, o documentário Imagens do estado novo 1937-45, de Eduardo Escorel, conta com trilha de Hermelino.

Entre suas canções mais conhecidas estão: Pô, amar é importante! (sucesso na gravação de Arrigo Barnabé e Tetê Espíndola e nos shows de Cássia Eller); Suspeito (canção que deu nome a um disco de Arrigo Barnabé); Não sei o que eu quero da vida e O marginal (gravadas por Cássia Eller).

Serviço:
Ensaio aberto de Hermelino Neder
domingo, 17 de março de 2024
11h
100 lugares (ocupação por ordem de chegada)
Rua Portugal, 43 – Jardim Europa – São Paulo, SP
Entrada franca*

- Publicidade -

Acesse as redes sociais
Instagram: @emaklabin
Facebook: https://www.facebook.com/fundacaoemaklabin
Twitter: https://twitter.com/emaklabin
Linkedin:https://www.linkedin.com/company/emaklabin/?originalSubdomain=br
YouTube: https://www.youtube.com/c/CasaMuseuEmaKlabin
Site: https://emaklabin.org.br
Vídeo institucional: https://www.youtube.com/watch?v=ssdKzor32fQ
Vídeo de realidade virtual: https://www.youtube.com/watch?v=kwXmssppqUU

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *