Startup brasileira é a vencedora do Desafio de Inovação Digital na Dengue realizado pela Takeda

Projeto foi escolhido entre mais de 50 inscrições e terá a oportunidade de realizar parcerias com a Takeda

A biofarmacêutica Takeda anuncia o vencedor do Desafio de Inovação Digital na Dengue. A inciativa convidou startups e scale-ups do Brasil e da América Latina a apresentar soluções inovadoras para melhorar a prevenção e reduzir o impacto da dengue, por meio de educação e conscientização sobre a doença.  Entre mais de 50 inscrições, o Sisvector, uma startup independente de tecnologia capitaneada por pesquisadores com passagens por organizações como Ministério da Saúde, Fiocruz, OMS e OPAS, foi o projeto escolhido. Com isso, terá a oportunidade de negociar contratos com as unidades de negócios da Takeda na América Latina e ao redor do mundo.

“Com o Desafio de Inovação Digital da Dengue da Takeda América Latina, nosso objetivo consiste em fomentar iniciativas inovadoras para melhorar a conscientização e a prevenção da dengue. Ter um vencedor brasileiro também é um marco, já que estamos enfrentando neste ano a pior epidemia de dengue da história no país. Precisamos nos unir nessa jornada de combate à doença”, afirma José Manuel Caamaño, presidente da Takeda Brasil.

- Publicidade -

O Sisvector é um sistema de informação e monitoramento do Aedes Aegypti, mosquito transmissor de arboviroses, como dengue, chikungunya e zika. O dispositivo serve para apoiar as autoridades de saúde no trabalho do controle vetorial por meio da inversão do processo de coleta das informações em que se busca uma inteligência territorial. A tecnologia permite a configuração de territórios e imóveis a serem inspecionados, por meio de dados cadastrais e de geolocalização, com coordenadas e polígonos nos mapas.

“É gratificante ter nosso projeto como vencedor e, consequentemente, ter a oportunidade de poder contribuir com a prevenção e combate de uma doença que está tão em voga. A iniciativa da Takeda poderá prover o apoio necessário para execução de projetos de grande porte como este de enfrentamento das arboviroses”, destaca Daniel Cardoso, CEO da Sisvector.

O Desafio de Inovação Digital Dengue na América Latina é o primeiro Desafio de Inovação Aberta lançado pela Takeda sobre dengue e será um modelo para executar iniciativas semelhantes em outras regiões endêmicas, como o Sudeste Asiático.

 

Sobre a Takeda

- Publicidade -

A Takeda está focada em criar uma saúde melhor para as pessoas e um futuro melhor para o mundo. Nosso objetivo é descobrir e oferecer tratamentos que transformem vidas em nossas principais áreas terapêuticas e de negócios, incluindo gastrointestinal e inflamação, doenças raras, terapias derivadas de plasma, neurociência, oncologia e vacinas. Junto com nossos parceiros, visamos melhorar a experiência do paciente e avançar uma nova Fronteira de opções de tratamento por meio de nosso pipeline dinâmico e diverso. Como uma empresa biofarmacêutica líder baseada em valores e orientada por Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) com sede no Japão, somos guiados por nosso compromisso com os pacientes, nossas pessoas e o planeta. Nossos funcionários em aproximadamente 80 Países e regiões são movidos por nosso propósito e fundamentados nos valores que nos definem há mais de dois séculos. Para mais informações, visite https://www.takeda.com.

Compartilhe este artigo
Segue:
Meu nome é Leonardo Oliveira e sou graduado em Comunicação Social com habilitação em jornalismo pela Escola Superior de Propaganda & Marketing. Possuo cerca de 10 anos de experiência com assessoria de imprensa e trabalhei em diversas agências de comunicação do país. Já atendi clientes como Aché Laboratórios, Mundo Verde, Superbom, Royal Palm Plaza, Associação Nacional de Restaurantes, Red Hat, entre outros. São organizações de diversos portes e segmentos. Tenho expertise no relacionamento com a imprensa e possuo importantes técnicas de redação de textos jornalísticos.