Grupo educacional paranaense bate R$1 Bilhão e anuncia maior aquisição dos últimos anos em SP

Grupo Positivo adquire escola no interior do estado e passa a contar com 26 unidades em três estados do Brasil

A Positivo Educacional, empresa paranaense com 50 anos de tradição em qualidade na Educação e um dos maiores grupos de ensino do país, acaba de anunciar a compra da Escola e Colégio Jardim das Nações, com unidades em Taubaté e Tremembé, no interior de São Paulo. A negociação faz parte da estratégia de foco da Positivo Educacional no Ensino Básico, com a expansão em território nacional, que teve início em 2016. Com o Jardim das Nações, o Colégio e Curso Positivo passa a contar com 26 unidades de ensino, em três estados e dez cidades, que atendem, juntas, aproximadamente 20,5 mil alunos desde o Berçário ao Ensino Pré-Vestibular.
Fundada em 1970, a Escola Jardim das Nações conta hoje com 1.800 alunos, tornando-se referência em ensino na região de Taubaté e Tremembé. Ela oferece aos alunos e famílias uma educação diferenciada, pautada em princípios humanistas e vinculada à comunidade onde atua. O projeto pedagógico único foi evoluindo para acompanhar as mudanças sociais e tecnológicas da sociedade – sem nunca abrir mão dos valores fundamentais que alicerçam a proposta pedagógica do Jardim das Nações: ética, princípios democráticos, autonomia, respeito, empatia e paz.
De acordo com o diretor-executivo dos Colégios do Grupo Positivo, Celso Hartmann, a união tem como prioridade o respeito à cultura, às práticas e à gestão da instituição. “Os próximos passos da administração são focar na integração dos colaboradores ao Positivo e estreitar a comunicação com pais e alunos. A transição, como sempre, será feita com zelo e prudência, acolhendo as comunidades docente e discente da instituição”, ressalta. Segundo ele, a Escola e Colégio Jardim das Nações permanecerá com marca independente, mantendo o propósito e proposta pedagógica e preservando o corpo técnico-pedagógico, docente e administrativo. “Toda a história, tradição e propósito da escola serão preservados”, garante Hartmann.
Para uma das diretoras da Escola e Colégio Jardim das Nações, Beatriz de Carvalho, a afinidade de valores e princípios entre o Jardim e o Grupo Positivo foi primordial para a união. “Estamos seguros de que tomamos uma decisão responsável e bem fundamentada e de que a nossa Escola continuará estimulando e desenvolvendo estudantes diferenciados, autônomos, responsáveis e capazes de realizar transformações positivas em nossa sociedade – e agora agregando a experiência e a competência de um grupo grande e de sucesso, que contribuirá administrativa e pedagogicamente para nossa constante evolução”, comemora.
De acordo com o presidente da Positivo Educacional, Lucas Guimarães, a decisão se deu pela afinidade e alinhamento entre as duas instituições. “Desde que iniciamos a estratégia de expansão com foco no Ensino Básico, buscamos unidades com as quais tivéssemos uma forte identificação, para que pudéssemos garantir a continuidade do negócio, crescimento planejado e, acima de tudo, para assegurarmos a oferta de ensino de qualidade”, pontua. Segundo ele, as parcerias têm sempre como prioridade o respeito à cultura, às práticas e à gestão das instituições.


Histórico


O Positivo nasceu em 1972 a partir da ideia de uma equipe de professores que criaram um curso pré-vestibular inovador. Hoje, a marca Positivo consolidou a liderança em todas as suas áreas de atuação: ensino, soluções educacionais, tecnologia e gráfica. O Grupo atua desde o Berçário até o Pré-Vestibular, com aproximadamente 20,5 mil alunos em unidades próprias. Além disso, 400 mil alunos utilizam o Sistema de Ensino Aprende Brasil, em escolas públicas de todo o país. Com presença em cerca de 14 mil escolas em todo o Brasil e em mais de 40 países, a Positivo Tecnologia Educacional é hoje a empresa com o maior número de soluções pré-qualificadas e inseridas no Guia de Tecnologias do MEC. A Posigraf, uma das maiores gráficas da América Latina, imprime e distribui mais de 50 milhões de livros por ano, além de ser reconhecida pelo pioneirismo na gestão e conservação ambiental, neutralizando as emissões de carbono por meio do manejo e proteção de uma reserva florestal pela qual é responsável desde 2003. O Grupo conta ainda com o Instituto Positivo, que desenvolve ações voltadas para a melhoria da educação pública por meio da promoção do regime de colaboração intermunicipal entre prefeituras vizinhas, organizadas em Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADEs), além de manter uma creche em tempo integral para crianças carentes em Curitiba desde 2010.

Compartilhe este artigo
Segue:
A ImprensaBr é um portal de notícias que fornece cobertura completa dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo.
Deixe um comentário